PublicidadePublicidade

6 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

Jejum intermitente é uma alternativa para quem busca, além de perda de peso, uma maior qualidade de vida

Anna Júlia Steckelberg -
6 dicas de como fazer Jejum Intermitente com segurança
(Foto: Reprodução/Go Outside)

O jejum intermitente não é um conceito novo! A título de curiosidade, durante séculos, as pessoas restringem temporariamente a ingestão de alimentos por motivos religiosos. Porém, nos últimos anos, o jejum intermitente ganhou força por seus incríveis efeitos sobre doenças, envelhecimento e principalmente emagrecimento. Foi pensando nisso que hoje iremos te apresentar dicas de como fazer um jejum intermitente com segurança. Vem com a gente!

O que é jejum intermitente?

Basicamente, é o processo de entrar e sair de períodos de comer e não comer. Assim, existem diferentes métodos de jejum intermitentes. Por exemplo, uma dieta em jejum, chamada de 5:2, permite que você coma normalmente cinco dias por semana. Assim, os outros dois dias chamados dias de jejum, você consome apenas 500-600 calorias. Além disso, outro estilo de jejum intermitente restringe todos os alimentos por 24 horas, uma ou duas vezes por semana.

Benefícios do jejum intermitente:

– Aceleração na queima de gordura;

– Aumento da energia física;

– Reparação celular e a autofagia (quando o corpo consome células envelhecidas para produzir novas partes);

– Redução da resistência à insulina e proteção contra o diabetes tipo 2;

– Diminuição do colesterol ruim (LDL);

– Maior disposição e qualidade de vida;

– Otimização e potencialização das funções cognitivas e memória.

Como fazer o jejum intermitente:

Jejum 16/8: ganhos enxutos

Em resumo, a ideia neste método é jejuar entre 12 a 16 horas, no mínimo, e se alimentar nas janelas de horas remanescentes. Por exemplo, você pode pular o café da manhã e se alimentar das 12h (almoço) até às 20h (última refeição do dia). Ou quem sabe jejuar de manhã e à noite, concentrando as horas da janela alimentar no meio do dia. Por fim, você ainda pode tomar café da manhã, almoçar e depois começar o jejum. 

Jejum “eat, stop, eat”

Bom, neste método você fará um jejum de 24 horas uma ou duas vezes por semana. Para isso, recomendamos que você faça o jejum após uma boa refeição nutritiva, almoço ou jantar e coma novamente somente no mesmo horário do dia seguinte.

Jejum em dias alternados

Essa é a prática de comer um dia sim e outro não. Aqui, o jejum pode atingir até 36 horas ininterruptas. 

6 dicas de como fazer Jejum Intermitente com segurança:

1. Primeiramente, o jejum é uma prática voltada para adultos saudáveis. Logo, não é recomendada para diabéticos em uso de insulina ou outros medicamentos.

2. Além disso, quando iniciar o jejum, beba muita água e mantenha a hidratação constante.

3. Ademais, beba café ou chás sem açúcar, outra opção é ingerir suplementos que contenham cafeína na composição. Porque, a cafeína inibe o apetite e pode ajudar a tornar a experiência do jejum mais fácil.

4. Para mais, o jejum não é indicado em casos de insônia, fadiga crônica, fadiga adrenal, em períodos de não superação do estresse e de desequilíbrio hormonal.

5. De resto, para mulheres em período de amamentação ou que estejam querendo engravidar, o jejum também não é recomendado. 

6. Por fim, durante e após o período menstrual, o jejum também deve ser observado ou até mesmo evitado. Nesses momentos, o organismo exige uma nutrição reforçada para manter o equilíbrio e a performance.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade