Banco Central mostra se seu CPF já foi usado em contas ou empréstimos ilegais

Consulta pode ser feita online e totalmente gratuita. Confira o passo a passo e se proteja de golpes

Anna Júlia Steckelberg -
seu CPF já foi usado em contas ou empréstimos ilegais
Plataforma mostra se seu CPF está sendo usado em contas ou empréstimos ilegais e encontra-se disponível tanto na versão para computador quanto na versão mobile.(Foto: Reprodução)

Vamos ser sinceros, com o advento da internet ficamos reféns de muita exposição. Quem nunca pesquisou algum produto no Google e depois recebeu um anúncio dele nas redes sociais? Ou quem nunca forneceu dados pessoais para algum cadastro online? Bom, muita gente fica preocupada com a quantidade de dados expostos na rede. Aliás, muita gente já descobriu que usaram seus dados para a abertura de contas correntes e empréstimos ilegais. Basicamente, a partir disso, o Banco Central mostra se seu CPF já foi usado em contas ou empréstimos ilegais. Veja como:

Em resumo, por meio de um cadastro simples, é possível acessar informações de empréstimos e financiamentos. Além disso, lista os bancos em que você possui conta, indicações de chaves PIX cadastradas em instituições de pagamentos e dados sobre operações de câmbio ou transferências internacionais.

Ademais, a plataforma do Banco Central mostra se seu CPF está sendo usado em contas ou empréstimos ilegais e encontra-se disponível tanto na versão para computador quanto na versão mobile.

PublicidadePublicidade

Banco Central mostra se seu CPF já foi usado em contas ou empréstimos ilegais: 

1. Para fazer a consulta ao Registrado, acesse o site e indique se é “pessoa física” ou “Pessoa jurídica”;

2. Escolha como deseja validar sua identidade para obter mais instruções. É possível fazer a validação por meio do Internet Banking, celular, computador, ou com certificado digital, no caso de empresas. O atendimento presencial está suspenso durante a pandemia;

3. A maneira mais simples é pelo celular. Basta acessar a opção “Registrato” no aplicativo do seu banco, digitar sua senha e gerar um PIN;

4. Feito isso, encaminha-se para o site do Banco Central, em que deverá entrar com seu endereço de e-mail e digitar uma nova senha. Agora, basta concluir o credenciamento, fazer o login e acessar os relatórios disponíveis na plataforma.

Caso a pessoa verifique que foram abertas contas ou empréstimos por terceiros em seu nome, é necessário entrar em contato com a instituição financeira ou com o Banco Central.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.