Homem que ficou em coma por 36 anos acorda e surpreende a todos: “meu caminho era o cemitério”

Quem não desistiu dele foi a namorada, que por todo tempo esperou e o ajuda a processar tudo que ocorreu

Gabriella Licia -
Homem que acordou de coma após 35 não se reconheceu no espelho. (Foto: Reprodução)

Imagine só ficar desacordado por 35 anos e despertar do coma sem ao menos se reconhecer ao olhar pelo espelho? Parece história de filme, mas foi o que aconteceu com o espanhol Manel Monteagudo.

Ele precisou ser entubado em 1979, quando ainda tinha 22 anos, após cair de uma altura de seis metros em um navio alemão, onde trabalhava como marinheiro.

Durante os primeiros meses de coma, o paciente permaneceu em um hospital no Iraque. Depois de algum tempo, precisou ser transferido para um outro, localizado em Coruña.

Por fim, ele foi levado para casa, onde foi cuidado pela antiga namorada, que acabou se tornando a atual esposa, por todos os anos.

Em entrevista ao jornal El Mundo, Manel contou que os médicos não acreditavam em um final feliz para o marinheiro.

“O coágulo que eu tinha na cabeça, e ainda tenho, não pôde ser retirado, estava em um lugar de difícil acesso. Disseram à minha mulher que qualquer dia, quando acordasse, sentiria frio. Nada mais”, contou.

“O meu caminho era para o cemitério. Disseram à minha mulher para presumir que eu estava morto enquanto estivesse viva”, destacou.

Segundo Manel, ele recorda que na data em que despertou, imaginava que havia passado pouco tempo e que, ao olhar no espelho, não acreditou no que visualizou.

Após 35 anos, os cabelos já estavam grisalhos e a antiga namorada também estava completamente diferente do que se recordava e, de acordo com os relatos do homem, foi muito dificil processar toda a situação.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.