PublicidadePublicidade

Passo a passo para se inscrever como autônomo no INSS e começar a ter benefícios

Todo trabalhador que desenvolve alguma atividade remunerada sem registro em carteira pode se cadastrar

Anna Júlia Steckelberg -
Passo a passo para se inscrever como autônomo no INSS e começar a ter benefícios
Profissionais autônomos também podem fazer suas contribuições no INSS. (Foto: Reprodução)

Todo mundo sabe que os trabalhadores brasileiros que fazem suas contribuições para a Previdência Social, têm acesso a vários benefícios previdenciários. Além disso, talvez você não saiba, mas profissionais autônomos também podem fazer suas contribuições. Por isso, veja como se inscrever como autônomo no INSS

Quem pode se inscrever no INSS como trabalhador autônomo?

Primeiramente, os trabalhadores autônomos são aqueles que desenvolvem atividades remuneradas sem o registro em carteira. Por conta disso, não possuem nenhuma relação de emprego com uma empresa ou mais empresas onde atua. 

PublicidadePublicidade

Vale lembrar que nessa relação de trabalho também devem ser pagos tributos, além da contribuição ao INSS. Para isso, é preciso fazer a inscrição junto à Previdência Social. Portanto, o trabalhador deve ter mais de 16 anos e fazer seu cadastro como autônomo no INSS na condição de filiado. Por fim, essa modalidade deve ser registrada como contribuinte individual. 

Como se inscrever no INSS como autônomo?

Para fazer o pagamento à Previdência Social, veja a seguir quais são as etapas desse procedimento:

1. Inscrição no PIS ou NIT 

Basicamente, o primeiro passo para quem quer saber como se inscrever no INSS como autônomo, é ter o cadastro no Programa de Integração Social (PIS) ou NIT (Número de Identificação do Trabalhador). Bom, esse registro é feito quando você trabalha em um emprego formal com carteira assinada pela primeira vez. 

Logo, se você já trabalhou como empregado com carteira assinada, você tem um número de PIS/NIT. Além disso, você pode consultá-lo em sua carteira de trabalho, cartão cidadão ou no extrato do FGTS.

2. Registro do trabalhador no INSS

Em seguida, para se inscrever no INSS como autônomo, o trabalhador pode ligar para a central de atendimento através do número 135. Outra opção é se inscrever no INSS como autônomo pela internet. 

Para isso, o trabalhador deve acessar o site do INSS ou aplicativo MEU INSS. Depois, clique em “Inscrever no INSS”. 

Após ser direcionado para outra plataforma, siga os seguintes passos:

– Selecione a opção “Cidadão”; 

– Informe seus dados pessoais, como o nome completo, número do CPF, nome da mãe e data de nascimento;

– Aperte no botão “não sou um robô”;

– Clique em “Continuar”.

O próximo passo é informar a categoria do segurado que estará identificado como  “contribuinte individual”. Não deixe de registrar também a atividade exercida conforme lista que será disponibilizada pela plataforma.

3. Forma de contribuição 

Além disso, durante o procedimento, também é necessário escolher qual será a forma de contribuição para se inscrever no INSS como autônomo. Por isso, fique atento aos códigos que devem ser informados. São eles:

Alíquota de 11% sobre o salário mínimo:

– 1163: contribuinte individual – pagamento mensal;

– 1180: contribuinte individual – pagamento trimestral;

– 1236: contribuinte individual – rural mensal;

– 1252: contribuinte individual – rural trimestral;

Alíquota de 20% sobre o salário-de-contribuição

– 1007: contribuinte individual – pagamento mensal;

– 1104: contribuinte individual – pagamento trimestral;

– 1287: contribuinte individual – rural mensal;

– 1228: contribuinte individual – rural trimestral;

4. Emissão da guia GPS após se inscrever no INSS como autônomo

Por fim, feito todo o procedimento, o novo contribuinte deve emitir a Guia da Previdência Social (GPS) para realizar o pagamento ao INSS. Em resumo, ele fica sob responsabilidade do trabalhador emitir esse documento, que pode ser pago mensalmente ou a cada três meses (informando o código no ato do registro). 

Então, acesse novamente o site do INSS e procure pela opção “Serviços” e escolha”Emitir Guia de Pagamento – GPS” ou acesse o site.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.