Estudante de Anápolis que sofreu queimaduras em explosão é diagnosticada com tromboembolismo pulmonar

Mãe da adolescente destaca que, apesar disso, ela está se recuperando bem e que as feridas causadas no acidente estão cicatrizando rapidamente

Pedro Hara -
Annelise já está em tratamento com anticoagulantes para evitar a piora do quadro clínico. (Foto: Arquivo Pessoal Di Carneiro)

Hospitalizada há quase um mês após sofrer queimaduras ao realizar um experimento químico na escola onde estuda, a adolescente Annelise Lopes Andrade, de 16 anos, foi diagnosticada com tromboembolismo pulmonar.

A informação foi confirmada ao Portal 6 por Di Carneiro, mãe da jovem e que diariamente está acompanhando a evolução da filha.

“Ela passou mal na noite da última segunda-feira (27) e a médica disse que o quadro é de tromboembolismo pulmonar”, contou.

PublicidadePublicidade

Com a descoberta do problema, Annelise já está em tratamento com anticoagulantes para evitar a piora do quadro clínico.

Quando perguntada se a enfermidade é preocupante e pode atrapalhar na recuperação, a mãe demonstrou preocupação e disse que é “muito preocupante”.

Entretanto, Di Carneiro pontua que apesar do tromboembolismo pulmonar, a filha está se recuperando bem e que as feridas causadas por conta da explosão estão cicatrizando rapidamente.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.