Fui aprovado no exame da OAB e conto como consegui mesmo trabalhando muito

José Fernandes -
Vereador José Fernandes. (Foto: Reprodução)

Hoje quero discorrer sobre gestão de tempo. A ideia é listar táticas poderosas que poderão contribuir com a nossa produtividade.

Há dois dias fui aprovado na segunda fase do exame de Ordem da OAB. Centenas de mensagens me cumprimentando e perguntando como consigo conciliar tantas funções.

Médico ortopedista (cirurgias e consultas), legista, vereador, vida pessoal, lazer, saúde física, espiritual, familiar e emocional.

Com tantas atribuições, como lidar com a aparente sobrecarga de tarefas e escassez de tempo?

Confesso que não sigo à risca como deveria, mas me organizo da seguinte forma: planejamento, prioridades, definição de metas e prazos, agendamentos, delego o que não é urgente e pouco importante, evito distrações como mal uso das redes sociais, organização das pautas e por fim, foco ao que está pré-estabelecido.

Na era digital tudo é veloz, e temos que usar a tecnologia nosso favor. A minha preparação para ser aprovado na OAB, foi principalmente através de cursos a distância, estudando entre meia-noite e 02h da manhã.

Com disciplina e aplicando as dicas citadas anteriormente, conseguiremos fazer a gestão do nosso tempo para melhor qualidade de vida e com maior produtividade.

Não dê a famosa desculpa: “estou sem tempo”, procrastinando os seus projetos, encontros e compromissos. Se falta de tempo fosse justificativa, todo desocupado teria sucesso, incluindo os políticos.

José Fernandes é médico (ortopedista e legista) e bacharel em direito. Atualmente vereador em Anápolis pelo PSB. Escreve todas às sextas-feiras. Siga-o no Instagram.

As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, as visões do Portal 6.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.