Doria defende Meirelles vice de Garcia e causa indignação no MDB

Emedebistas já tinham indicado o nome do ex-secretário municipal de Saúde Edson Aparecido (MDB-SP) para disputar o mesmo cargo

Folhapress -
Henrique Meireles e João Dória (Foto: Reprodução)

(FOLHAPRESS) – Lideranças do MDB ficaram indignadas com a defesa que João Doria (PSDB-SP) fez de que Henrique Meirelles (PSD-SP) seja o candidato a vice na chapa de Rodrigo Garcia (PSDB-SP) ao governo.

Os emedebistas já tinham indicado o nome do ex-secretário municipal de Saúde Edson Aparecido (MDB-SP) para disputar o mesmo cargo.

Um emedebista reagiu afirmando de forma irônica à reportagem que esse era o gesto de agradecimento de Doria ao apoio que Aparecido deu a ele nas prévias do PSDB. E completou dizendo não ser por acaso o isolamento do ex-governador.

Os defensores de Aparecido dizem que ele incorpora os esforços do governo e da prefeitura no combate à Covid-19 na cidade -enquanto Meirelles simboliza os aspectos financeiros, e menos populares, como aumento de impostos.

Na sexta (1º), Edson Aparecido, que foi um dos fundadores do PSDB, se filiou ao MDB e deixou a secretaria municipal de Saúde justamente para poder disputar as eleições -a lei exige que candidatos deixem seus cargos.

A candidatura dele a vice tem o apoio de lideranças como o presidente do MDB, Baleia Rossi (MDB-SP), e o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB-SP).

A indicação do nome dele para vice já foi feita ao governador Rodrigo Garcia (PSDB-SP).

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade