Por que o goiano “terror do INSS” não é considerado a pessoa mais velha do mundo

Idoso voltou a ficar em evidência após a morte de Kane Tanaka, japonesa de 119 anos e que até então ocupava o posto

Augusto Araújo -
Morador de Aparecida de Goiânia, Andrelino viralizou nas redes sociais ao comemorar aniversário de 121 anos. (Foto: Arquivo pessoal/ Andrelino Vieira da Silva).

Nesta segunda-feira (25), portais de todo o mundo noticiaram a morte de Kane Tanaka, japonesa de 119 anos que era considerada a pessoa mais velha do mundo.

No entanto, existe um morador de Aparecida de Goiânia, ainda vivo, que aos 121 anos não é levado em consideração nessa listagem.

Ao Portal 6, Janaína Lemes de Sousa, neta de Andrelino Vieira da Silva – que viralizou nas redes sociais como o “Terror do INSS” – explicou que não há nenhum erro na documentação do aposentado que desminta a idade dele.

“Está tudo ok, ele está registrado no Instituto Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Até o ministro Onyx Lorenzoni [chefe do Ministério do Trabalho e Previdência] já reconheceu“, afirmou.

No entanto, Janaína destacou que não houve interesse por parte da família de entrar com qualquer processo que fosse para atestar isso internacionalmente.

“Após ter viralizado na internet, ele já adoeceu bastante, pegou Covid-19, dengue. Ele está bem debilitado e não queremos ir atrás dessas coisas”, pontuou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.