Diretora de colégio toma medida desesperada para socorrer alunas que viveram momentos aterrorizantes em Anápolis

Situação só não foi pior porque outros menores estavam por perto e conseguiram impedir

Da Redação -
Setor Industrial Munir Calixto, no extremo Sul de Anápolis. (Foto: Captura/Google Street View)

A diretora de um colégio de Anápolis precisou acionar a Polícia Militar, nesta sexta-feira (29), para denunciar uma situação complicada e para evitar que alunos ficassem em situação de risco depois de deixarem o ambiente escolar.

É que, mais cedo, um homem, de 43 anos, teria tentado agarrar duas menores, de 14 e 15 anos, nas proximidades da unidade, no setor Industrial Munir Calixto, extremo Sul da cidade. Tudo teria ocorrido após as meninas saírem da aula.

O suspeito chegou a ser visto tentando beijar as adolescentes e não teve sucesso porque vários alunos estavam por perto e conseguiram entrar na frente para impedir.

Após passarem pelos momentos aterrorizantes, as duas relataram o acontecimento para a diretora e para os pais, que decidiram registar uma denúncia contra o homem.

A gestora da unidade ainda afirmou aos militares que são frequentes as aparições do homem no local e que teme que algo pior possa acontecer.

O caso, agora, deve ser acompanhado pela Polícia Civil, e o suspeito deverá responder por importunação sexual.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade