Corrente do bem se forma em Anápolis para ajudar idosa que descobriu câncer raro

Dona Tita precisa de cerca de R$ 17 mil para prosseguir com o tratamento, que pode ser realizado apenas em Goiânia

Lucas Tavares -
Aldair Marques da Cruz, de 63 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Com um raro tumor nas vias biliares e uma e pedra na vesícula, a anapolina Aldair Marques da Cruz, de 63 anos, teve a vida mudada após o diagnóstico.

Para conseguir pagar todo o tratamento, a família se mobilizou em várias frentes e tenta arrecadar o valor necessário para o tratamento, com rifa e vaquinha online.

Tudo começou em janeiro deste ano, quando ela percebeu que a boca ficava seca constantemente. O sintoma era acompanhado da falta de apetite.

Após os primeiros sinais, dona Tita foi orientada a fazer um exame de glicemia e verificar a concentração de açúcar no sangue, que estava alta.

Iniciado o tratamento contra a diabetes, outros sintomas surgiram, como coceira em todo corpo, perda de peso e olhos amarelados.

“Fomos à Unidade de Saúde e a médica pediu exame de sangue e deu tudo alterado. Ela foi encaminhada para a avaliação cirúrgica porque o fígado não estava funcionando direito, com acúmulo de bile, por isso a icterícia”, explicou a neta, Beatriz Soares, de 21 anos.

Uma bateria de exames foi realizada, incluindo uma ressonância, que constatou o tumor nas vias biliares. “A princípio, precisa saber se é benigno ou maligno”, continua.

A doença é cruel e já fez dona Tita perder mais de 30 kg. “Antes ela pesava 109 kg, agora está com 76 kg”, relatou a neta.

Para isso, será feita uma biópsia e uma drenagem da bile. O procedimento é feito em Goiânia e vai custar R$ 17 mil.

“Estamos fazendo rifas e vaquinhas. Ao todo, já temos R$ 820. Graças a Deus as pessoas que conhecem ela estão ajudando com o pouco que tem”, afirmou.

Quem tiver interesse em ajudar basta entrar em contato com Beatriz pelo telefone (62) 9 9191-7184, que também funciona como chave Pix para doações.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.