6 itens proibidos que nenhum trabalhador pode comprar com o Vale Alimentação

Benefício funciona como um cartão de débito, no entanto, funciona apenas em estabelecimentos conveniados

Anna Júlia Steckelberg -
6 itens proibidos que nenhum trabalhador pode comprar com o Vale Alimentação
O Vale é um benefício que algumas empresas fornecem. (Foto: Reprodução)

O Vale Alimentação é um crédito que algumas empresas oferecem aos seus funcionários como um auxílio a mais acompanhado do salário.

Com esse cartão, o empregado consegue pagar suas compras de supermercado, como se fosse um cartão de débito. Mas, vale frisar que ele só funciona em estabelecimentos que aceitam o VA.

Por exemplo, supermercados, mercearias, açougues e hortifrútis, entre outras lojas que vendem comida.

Dentre o que pode ser comprado com o seu VA, estão os alimentos frescos (como verduras, frutas, legumes, ovos e carnes); produtos alimentícios industrializados, comida congelada, água, sucos e refrigerantes.

Mas, o que não pode ser comprado?

6 itens proibidos que nenhum trabalhador pode comprar com o Vale Alimentação:

1. Bebidas alcoólica

Por lei, segundo a Portaria nº 03, no dia 1º de março de 2002, é proibido a compra de bebida alcoólica por meio do Vale Alimentação.

Porque, o benefício deve ser usado para adquirir produtos que resguardam a vida do trabalhador.

2. Cigarros

Ainda de acordo com a mesma Portaria nº 03, de 2002, ainda é terminantemente proibido a compra de cigarros com o Vale.

Visto que, ainda sim, o produto também não preserva a integridade do trabalhador.

3. Refeições prontas em restaurantes, bares e lanchonetes

Para adquirir esse tipo de comida, existe o vale-refeição que é utilizado para custear refeições já prontas, a regra é que ele seja aceito em locais como restaurantes, lanchonetes, redes de fast-food, entre outros estabelecimentos do gênero.

Sendo assim, o VA não pode ser usado para esse tipo de finalidade.

4. Produtos de limpeza e higiene pessoal

Por lei é proibido comprar produtos de limpeza ou qualquer outro artigo que não se enquadrar em produtos alimentícios.

O estabelecimento que for flagrado aceitando o benefício para esses fins está sujeito a sofrer as respectivas punições

5. Eletrodomésticos

Assim como produtos de limpeza, cigarros, bebidas alcoólicas, os eletrodomésticos que vendem em supermercado também não podem ser pagos com o Vale.

Essa atitude é uma forma de assegurar a finalidade do benefício.

6. Cosméticos

Por último, como os supermercados e mercados também são estabelecimentos que vendem cosméticos, como hidratantes, esmaltes e afins, fica proibido também adquirir comprar com o VA.

Siga o Portal 6 no Instagram: @portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade