Mesmo fazendo tanto frio, umidade chega a nível preocupante em Anápolis

Por meio de SMS, Defesa Civil enviou alerta aos moradores e orientou sobre cuidados que devem ser tomados

Lucas Tavares -
Termômetros devem registrar baixas temperaturas durante a semana, em Anápolis (Foto: Reprodução)

Nos últimos dias, o frio intenso tomou conta de Anápolis e obrigou os moradores a tirarem os casacos e as famosas botas do guarda-roupas.

Mas mesmo com as temperaturas tão baixas, com sensações térmicas que chegaram até mesmo a 1ºC, há um fator que causa preocupação: a umidade relativa do ar, que está, diariamente, abaixo dos 30%.

Por conta disso, a Defesa Civil chegou até a enviar um alerta via SMS para pedir a população fique atenta e tome alguns cuidados, como beber bastante líquido e evitar desgaste físico nos horários mais secos.

A orientação do órgão, inclusive, é que os anapolinos acionem os bombeiros via 193 em casos de emergências.

Perigos e cuidados

Enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que a umidade adequada para se viver de forma saudável fica entre 50% e 80%, a cidade está mais perto do que é visto no deserto do Saara, que varia de 14% a 20%.

Os maiores riscos nessa época são os problemas respiratórios, que podem provocar ressecamentos das vias áreas e aumentar a chance de infecções, além das conhecidas crises de asma, sinusite e rinite, por exemplo.

Por isso, para este tempo, assim como alertado pela Defesa Civil, é importante beber bastante água. Os chás também podem ser grandes aliados, uma vez que também ajudam a amenizar o frio.

Outra forma de minimizar os efeitos negativos da baixa umidade é adotar uma alimentação saudável e até utilizar de soro fisiológico para fazer nebulização.

Quando o frio der uma pequena trégua, também vale a pena colocar potes com água ou toalhas úmidas no quarto.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade