Goiana que participou de palestra surpresa, e restrita, com Elon Musk no Brasil conta os detalhes

"Foi muito marcante", afirmou a estudante de engenharia Patrícia Honorato ao Portal 6

Gabriella Pinheiro -
Estudante foi uma das selecionadas para participar do evento. (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

A rápida e sucinta visita de Elon Musk – homem mais rico do mundo – ao Brasil, foi um dos principais destaques da última semana em todo o país.

O evento que aconteceu em São Paulo contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL) e serviu para selar o acordo que levará a internet dos satélites da empresa de comunicação de Musk, Starlink, à Amazônia.

E quem acompanhou de perto toda a cerimônia foi a estudante de Engenharia da Computação, Patrícia Honorato, de 22 anos.

A convite do Instituto de Tecnologia e Liderança (Inteli), local onde estuda, a goiana foi uma entre 40 estudantes selecionados para participar da reunião.

Ao Portal 6, ela conta que encontrar o empresário foi algo inesperado, já que nenhum dos alunos sabia quem seria o convidado “surpresa”.

“No primeiro momento nós só sabíamos que tínhamos sido selecionados, por meio de um sorteio, para participar de um evento do Governo Federal. Só soubemos na hora que o Elon Musk estava lá. Foi uma surpresa”, revela.

Para marcar ainda mais a experiência, o empresário dedicou parte do tempo para responder as perguntas dos jovens sobre a área da tecnologia.

“As perguntas foram todas referentes à área da tecnologia, questionando sobre o que ele achava sobre algumas coisas, propósito e até mesmo sobre como ele fazia para motivar a equipe”, contou.

O bilionário ainda deu dicas importantes sobre como realizar um projeto, segundo ela.

“Uma das coisas que ele falou é que temos que focar e ter um olhar para coisas mais ambientais e sustentável. Outro ponto que ele também falou foi de termos propósito para tudo”, disse.

A experiência, pelo visto, nunca será esquecida pela estudante goiana.

“Para mim foi muito importante estar ali com ele. Eu estava representando uma parcela dos estudantes que queriam estudar os projetos dele. Realmente, foi muito marcante”, afirmou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.