Modelo é expulsa de avião e diz que o motivo foi humilhante: “me sinto tão envergonhada”

Jovem promete não deixar barato e diz que vai entrar com medidas jurídicas contra a companhia aérea

Gabriella Licia -
Mary gastou R$ 528 mil em procedimentos estéticos. (Foto: Reprodução)

Uma modelo canadense está dando o que falar nas redes sociais após um escândalo ocorrido em um aeroporto norte-americano, onde a jovem foi expulsa da aeronave.

Mary Sebastian Magdalene, de 25 anos, explicou que já havia entrado no avião quando foi ordenado que ela se retirasse. O voo partiria de Toronto, no Canadá, para Dallas, EUA.

A vítima contou que a equipe da companhia aérea disse que ela estava sendo excluída por estar utilizando fones de ouvido e ignorando as instruções de segurança, mas Mary acredita que essa não foi realidade.

Segundo ela, a verdadeira razão por ter sido retirada foi por conta do corpo e das roupas que ela estava vestindo – top e legging de academia.

“Fui expulsa do voo por minha aparência. Por favor, parem de discriminação, por favor, isso é nojento. Me sinto tão envergonhada e humilhada agora, vocês não têm ideia”, explicou Mary, pelo perfil no Instagram.

Em defesa, ela ainda alegou que se fosse uma passageira com os seios pequenos, a história seria totalmente diferente. “O ponto é que as mesmas regras precisam se aplicar a todos”.

A modelo conclui que não deixará barato e entrará com medidas jurídicas, pois se sentiu humilhada com os profissionais.

Procedimentos

Mary Magdalene confessou ter gasto £ 75 mil libras (cerca de R$ 528 mil) em procedimentos para conquistar o corpo que tem atualmente.

Incluindo tatuagens por todo o corpo, botox, silicones, transplante de sobrancelha, mandíbula, lábios, entre outras inúmeras.

Veja as fotos

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.