⁠A forma para terminar de pagar mais rápido o financiamento de um imóvel

Agora o sonho de quitar uma dívida que parecia nunca mais ter fim está cada dia mais próximo e real

Magno Oliver Magno Oliver -
⁠A forma para terminar de pagar mais rápido o financiamento de um imóvel
(Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil)

Para muitos brasileiros e brasileiras, o sonho de conquistar a casa própria ainda é uma realidade difícil de se alcançar, por diversos fatores.

No entanto, é comum se esbarrar em obstáculos como a falta de recursos financeiros ou conhecimento das opções para chegar lá de uma melhor forma.

Em entrevista ao Portal6, o gerente comercial da MRV, Paulo Henrique dos Passos, contou que a geração atual de jovens, de 18 a 29 anos, têm muito interesse em conquistar o primeiro imóvel.

Dessa forma, muita gente acaba entrando num parcelamento extenso e muitas vezes não consegue liquidar a dívida. Vamos te ajudar com isso.

⁠A forma para terminar de pagar mais rápido o financiamento de um imóvel

⁠A forma para terminar de pagar mais rápido o financiamento de um imóvel

(Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil)

Dependendo do valor e condições do contratante, a quitação total do montante do financiamento pode chegar a mais de 30 anos. É importante lembrar que: quanto maior o tempo, mais juros pagamos, ao final do contrato.

Uma boa alternativa que tem ganhado espaço no mercado é da amortização de dívidas para reduzir as parcelas mensais.

Dessa forma, o consumidor reduz suas prestações e acelera ainda mais o processo de livramento da quitação total do imóvel.

A nova onda

A forma mais utilizada, no momento, é o da amortização por meio do uso do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Junto dele, o cliente consegue o abatimento de até 80% do valor da prestação. De acordo com as novas regras de financiamento, a lei permite que se utilize esse recurso, ou até que seja num período menor, se tiver menos do que 12 parcelas para quitação do contrato definido.

De acordo com o Banco Central (BC), os sistemas mais utilizados nos financiamentos são a tabela de Sistema de Amortização constante(SAC) ou o Sistema de Amortização Francês, popularmente conhecido como tabela Price.

A mais utilizada para imóveis é a SAC, pois, nesse sistema, as primeiras parcelas vêm em valores maiores e vão reduzindo de preço no passar dos anos, até o final do financiamento. Nesse modelo, os juros são calculados sobre o saldo devedor.

Enquanto que na Price, o valor das parcelas é o mesmo, com o detalhe de que a taxa de juros é igual do começo ao fim do contrato.

O Portal6 reforça que, antes de fechar um financiamento, o ideal é consultar um especialista jurídico e também conversar mais com as instituições bancárias que prestam o serviço.

E aí, você curtiu esse conteúdo? O que achou da matéria que exibimos agora? Então, leia essas outras matérias aqui disponíveis logo abaixo também e surpreenda-se: 

O que os mais jovens podem fazer para conseguir comprar um imóvel em Goiás

Portanto, siga o Portal 6 no Instagram: No @portal6noticias e fique por dentro de várias notícias e curiosidades, tudo digital e em tempo real para você!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade