Portal 6

‘Jad Salomão’ é o primeiro colégio estadual a ser desocupado em Anápolis

Colégio Estadual Jad Salomão, no bairro São Jorge. (Foto: Reprodução)

Após 42 dias de ocupação, manifestantes contrários às Organizações Sociais (OS’s) na educação em Goiás deixaram o Colégio Estadual ‘Jad Salomão’ na manhã desta quinta-feira (28).

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), a desocupação do colégio do bairro São Jorge, na região Central de Anápolis, ocorreu tranquilamente após negociação entre manifestantes e comunidade escolar.

A reportagem do Portal 6 tentou contato telefônico com o colégio, mas não obteve sucesso.

Ainda segundo a Seduce, o retorno às aulas nas escolas que forem sendo desocupadas se dará após vistoria por parte da Secretaria.  Ao todo, 11 escolas em todo o Estado de Goiás já foram desocupadas.

Sem recuo

Em audiência promovida pela Justiça de Goiás, ontem (27), no auditório da Faculdade Fribra, em Anápolis, manifestantes e Seduce tentaram discutir a implantação do modelo de OS’s, mas não chegaram a um consenso.

O promotor Marcelo Henrique dos Santos, da 9ª Promotoria de Anápolis, sugeriu a suspensão do processo e a criação de grupos de trabalho que envolvessem todas as partes envolvidas e interessadas para uma retomada mais adiante. Porém, a titular da Seduce, Raquel Teixeira, presente no evento, disse que essa medida não depende dela.

A  secretária garantiu que o modelo de gestão compartilhada é uma inovação e um pai, que pôde falar ao microfone, se disse inseguro quanto à experiência das OS’s e defendeu que a comunidade cobre um recuo do Governo Estadual caso elas não deem certo.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.