PublicidadePublicidade

Erro de comunicação teria sido motivo para Ipasgo suspender atendimento a servidores de Anápolis

Até final de contrato, convênio permanecerá intacto e sem mudanças

Rafaella Soares Rafaella Soares -

Uma interrupção nos atendimentos de servidores municipais conveniados ao Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo) só foi resolvido após uma reunião de emergência realizada em Goiânia na quinta-feira (27).

Secretário de Governo e Recursos Humanos da Prefeitura de Anápolis, Maks Louzada esteve diretamente com a diretoria do Ipasgo para constatar o que teria provocado a decisão repentina, que ocorreu de forma unilateral e verbal.

Em conversa com a reportagem do Portal 6,  Maks contou que a situação só aconteceu devido a um problema de comunicação entre os próprios colaboradores do plano de saúde.

PublicidadePublicidade

“Fomos surpreendidos e não recebemos nenhum comunicado oficial sobre a paralisação. Foi um equívoco, já que a Prefeitura está adimplente com o Ipasgo. O que aconteceu foi uma falha interna, sob a alegação que não respondemos um expediente solicitado, sendo que foi respondido várias vezes e não chegou ao presidente. Então nós fomos até lá, mostramos essas respostas e ontem mesmo foi tudo normalizado”, explicou.

Conforme o secretário, o convênio com os quase dois mil servidores de Anápolis continuará intacto até o final do contrato, em abril de 2019.  Somente quando houver uma reunião para tratar da renovação do acordo é que serão discutidas possíveis mudanças.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade