Portal 6

Após decisão da Justiça, Victor Junqueira se entrega à Polícia Civil em Anápolis

(Foto: Divulgação/ Rotary Club)

Ele já fazia uso de tornozeleira eletrônica, mas medida parece não ter sido suficiente para afastá-lo

O piloto Victor Augusto Junqueira do Amaral, de 24 anos, se entregou à Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (17) após ter tido prisão preventiva decretada pela 4º Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Goiânia.

De acordo com o delegado Pedro Caires, titular da 3ª Delegacia Regional de Anápolis, a decisão foi proferida após a vítima, a advogada Luciana Sinzimbra, ter procurado o Poder Judiciário para denunciar que o ex quebrou a medida protetiva que o proibia de se aproximar dela.

“Nós ficamos sabendo da situação pelo próprio advogado dele, que ligou informando que queria apresentá-lo ainda hoje. Então nós o recebemos e já recolhemos para a unidade prisional da cidade. Agora, quem vai apurar se houve essa quebra será o Poder Judiciário”, explicou ao Portal 6.

Ainda segundo o delegado, também caberá a Justiça definir se Victor, filho caçula do ex-prefeito de Anápolis Eurípedes Junqueira, permanecerá detido no Centro de Inserção Social Monsenhor Luis Ilc, a cadeia pública da cidade, ou se precisará ser recambiado para Goiânia, onde o crime aconteceu.

Em tempo

O caso envolvendo Victor Junqueira e Luciana Sinzimbra começou a repercutir fortemente no dia 24 de dezembro, depois do vazamento das imagens em que ele aparece agredindo a então namorada.

Na ocasião, vários famosos se comoveram com a história da advogada e o caso ganhou notoriedade até no Fantástico, da Rede Globo.

Após a agressão, a vítima relatou que o jovem ainda tentava contato com ela e a Justiça determinou, em fevereiro, que ele fizesse uso da tornozeleira eletrônica. Mesmo assim, a medida parece não ter sido suficiente para fazer com que Victor se afastasse.

“No dia 04, ele ficou dando voltas na minha casa, em Anápolis. Amigos disseram que ele tinha saído de um bar naquela madrugada e foi na direção da minha casa, que fica no lado oposto da dele”, disse a Luciana Sinzimbra ao G1 Goiás.

O mandado de prisão foi expedido na última sexta-feira (14). Conforme a sentença da juíza Liliana Bittencourt, ele tentou se aproximar 12 vezes da vítima.

Juíza decreta prisão de piloto e filho de ex-prefeito de Anápolis

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.