PublicidadePublicidade

Essas são as medidas que bancos e lotéricas poderão tomar para evitar filas em Goiás

Objetivo é evitar a disseminação do coronavírus, já que aglomerações são contrárias às orientações dos órgãos de saúde

Rafaella Soares -

Uma recomendação conjunta foi expedida nesta quinta-feira (23) para que as casas lotéricas e agências bancárias de Goiás adotem providências para impedir a aglomeração de pessoas durante a pandemia do novo coronavírus.

O documento, criado devido a várias denúncias de grandes filas nesses locais, é assinado pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO), Ministério Público Federal (MPF), Defensoria Pública do Estado (DPE) e o Procon Goiás.

Consta na recomendação que estas filas são uma ação contrária às orientações dos órgãos de saúde e contribuem para a disseminação da doença. Por isso, algumas medidas foram sugeridas para conter o agrupamento de clientes, como:

PublicidadePublicidade
  • Estender os horários de funcionamento para atendimento exclusivo ao grupo de risco
  • Restrição do uso de espaços e limitação de número de clientes em ambientes fechados
  • Organização de filas com distância mínima
  • Distribuição de senhas ou agendamento de horário para atendimento
  • Disponibilização de álcool em gel em todos os postos de atendimento e caixas eletrônicos
  • Distribuição de equipamentos de proteção individual para funcionários
  • Higienização constante de maçanetas, portas e materiais e uso comum

O documento orienta ainda que é de responsabilidade das agências e casas lotéricas garantir o abastecimento de dinheiro e afixar cartazes informativos sobre os horários especiais e serviços presenciais.

Veja na íntegra a recomendação.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade