PublicidadePublicidade

Chuva que demorou 150 dias derrubou temperatura, trouxe umidade e limpou céu de Anápolis

Como a água resfriou todo o solo, o mormaço sentido nas primeiras horas após a chuva também já acabou

Rafaella Soares Rafaella Soares -

Após uma longa estiagem de 150 dias e semanas de calor extremo, a tão esperada chuva chegou a Anápolis na noite desta segunda-feira (21).

Mas a água que continua caindo não está servindo apenas para refrescar a população, como também contribuiu para a queda da temperatura, que, após vários dias ultrapassando os 30º C, não deverá passar de 27º C nesta terça (22).

A névoa seca, que ontem deixou Anápolis com uma aparência de crepúsculo ao longo de todo o dia, e que foi provocada principalmente por fumaça de queimadas e poeira, também já está menos densa e o céu mais limpo.

PublicidadePublicidade

Outro benefício da chuva foi o aumento da umidade relativa do ar, que aumentou para 71%, ajudando contra os tradicionais efeitos do tempo seco na saúde, como ressecamento da pele, alergias e irritação nos olhos.

Devido à pandemia da Covid-19, que causa problemas respiratórios, a última semana foi de preocupação quando a umidade na cidade chegou perto de 11%, equivalente a do deserto do Saara, que normalmente varia de 10% a 15%.

Como a água resfriou todo o solo, o mormaço sentido nas primeiras horas após a chuva também já acabou.

A estimativa do climatempo é que a precipitação continue até a próxima quinta-feira (24), com temperatura mínima de 17º C e máxima de 28º C.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade