PublicidadePublicidade

Puxada pela queda de homicídios, redução da criminalidade em Anápolis impressiona

Mudança de filosofia, somada ao trabalho conjunto entre as forças de segurança, é o que pode explicar o feito, segundo autoridades

Da Redação Da Redação -

Levantamento divulgado pelo Observatório de Segurança Pública da Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSPGO) mostra que Anápolis está mais segura.

De janeiro a setembro de 2020, quando comparado com mesmo período de 2019, a redução de assalto em comércio, por exemplo, foi de 57,69%. Também tiveram quedas nas ocorrências de roubos de veículos (-56,21%) e a pessoas (-37,27%). Outro dado importante é a diminuição de homicídios. O registro desse tipo de crime recuou em 53,09%.

Levando em conta a média das ocorrências registradas ao dia, em 2018 pelo menos 1 carro era roubado diariamente na cidade. Já em 2020, passou a ser registrado um roubo de veículo a cada quatro dias.

PublicidadePublicidade

Tendo como referência a conta de número de ocorrências dividido pela quantidade de dias, de janeiro a setembro deste ano, Anápolis ficou 200 dias sem registrar ocorrências de roubo de veículos. Ainda mais expressiva é a redução de assaltos em comércio (média passou de um por dia, em 2018, para 1 por semana, em 2020).

Embora os números demonstrem avanço importante contra a criminalidade, o titular da SSPGO, secretário Rodney Miranda, garante que ainda tem muito que ser feito pela Segurança Pública de Goiás.

“Nós não comemoramos redução na criminalidade, porque o ideal é zerar os crimes violentos no estado. Vamos continuar trabalhando muito para que possamos chegar a patamares mínimos desse tipo de ocorrência”, reforça.

O que aumentou em Anápolis foi a produtividade. A crescente ação policial mostra o empenho das forças de segurança em garantir a proteção do cidadão anapolino. Ainda de acordo com os números divulgados pelo Observatório de Segurança Pública, durante os 21 primeiros meses da atual gestão, somente em Anápolis, as forças policiais apreenderam 2,2 toneladas de drogas, 546 armas de fogo e foram realizadas 930 operações.

“As quedas nos índices de crimes violentos demoram ser assimilados pela sociedade. Aqui em Goiás foi tudo muito rápido. A eficiência das polícias aumentou, os resultados vieram, a medida que fomos avançando de maneira muito decisiva contra a criminalidade, e a população começou a sentir os efeitos de todo esse trabalho realizado de forma responsável e integrada pelas formas de segurança”, complementa.

A melhoria na área de segurança pública foi conseguida mesmo sem aumento do efetivo. O Governo de Goiás reputa esse feito evocando uma nova filosofia implantada pela atual gestão: integração, inteligência e integridade.

O trabalho em conjunto entre todas as forças está sendo fundamental no processo, comemora o governador Ronaldo Caiado (DEM).

“Hoje o cidadão já sente tranquilidade de poder andar com a família na praça, de poder sair a noite com o carro. Esse é o sentimento que as ações das nossas polícias, de forma integrada, devolveu ao povo goiano”, sustenta.

Os índices, como lembra o chefe do Executivo Estadual, já estavam em queda. Em 2019, foi de 59,61% em roubos de veículos, de 48,84% no roubo de pessoas, de 14,71% no roubo em comércio e de 12,20% em homicídios em Goiás.

“Tanto a Polícia Civil, quanto a Polícia Militar, com respaldo da Polícia Científica e Penal estão trabalhando de uma forma uniforme e com isso trocando experiências e determinação para combater a criminalidade, dando, como sempre dei à todas as forças de segurança, total independência pra agir. A gente percebe que Goiás é hoje um estado que o cidadão tem segurança”, arremata.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade