PublicidadePublicidade

Será difícil jovem conseguir superar agressões e assalto que sofreu em Anápolis

Com arma apontada na cabeça, ele foi deixado em uma mata. Além do veículo, também teve celular e carteira roubadas

Da Redação Da Redação -
Central de Flagrantes da Polícia Civil. (Foto: Danilo Boaventura)

Um jovem de 22 anos passou por uma situação para lá de traumatizante na madrugada desta sexta-feira (18), em Anápolis.

Ele transitava com o carro, um Fiat Celta vermelho, pelas ruas do bairro João Luís de Oliveira, na região Sudeste, quando dois homens armados entraram pelas portas traseiras do veículo e anunciaram o assalto.

A dupla fez o rapaz dirigir até a BR-153 e, após agredi-lo, o deixaram em uma mata.

PublicidadePublicidade

Além do carro, os bandidos também levaram o celular e a carteira da vítima.

Com muito custo, ele conseguiu voltar para a cidade e pedir socorro. No entanto, o abalo emocional sobre o jovem foi tanto, que ele não conseguiu sequer prestar depoimento na delegacia e precisou da ajuda da mãe para formalizar o registro do crime.

O roubo foi registrado pela Polícia Civil, que também inseriu as informações do Fiat Celta na Base Nacional de Cadastro de Veículo.

Esse procedimento ajuda as autoridades de segurança pública a saberem que o automóvel está sendo procurado.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade