PublicidadePublicidade

Em Anápolis, confusão entre nora e sogra só termina na delegacia

Cada uma apresentou uma versão diferente dos fatos, mas não quiseram levar a briga adiante

Da Redação Da Redação -
(Foto: Gabriella Lícia)

Policiais militares tiveram de se deslocar até o bairro São João, na região Sudeste de Anápolis, na noite desta sexta-feira (28), após receberem uma denúncia de uma confusão em família.

Quem acionou a viatura foi uma mulher de 41 anos, que alegou que mora com a nora e com o filho, mas queria apoio para retirar os pertences da casa porque se desentendeu com a garota.

Durante a discussão, a suposta vítima alega que a companheira do filho, de 21 anos, teria dado socos no rosto dela e que essa já seria a terceira vez que algo dessa natureza acontece.

PublicidadePublicidade

Já a nora alega que recebeu a sogra que vivia em situação de rua, mas que, durante uma discussão, a mãe do cônjuge teria arremessados objetos nela. Para se defender, teria tentado segurar a mulher pelos braços.

As duas tiveram de ser levadas até a Central de Flagrantes para prestar mais esclarecimentos. No entanto, a sogra desistiu de representar criminalmente contra a nora e ambas foram orientadas e liberadas.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade