PublicidadePublicidade

O frio é a oportunidade de mostrar que o calor humano fala mais alto sempre

Professor Marcos Professor Marcos -
(Foto: Reprodução)

É hora de solidariedade!

O frio chegou! A temperatura caiu em Anápolis e quem mais sofre é a população em situação de rua. Dezenas de pessoas que circulam pelos becos, cantos e espaços de recuo, marquises e praças do município.

As causas para essa situação são diversas. Questões de saúde mental, abandono familiar, drogadição, depressão, transtornos específicos. Há quem tenha desistido da vida e há também quem prefira esse modelo de existir que os albergues, acolhidas e oportunidades.

PublicidadePublicidade

A política pública adequada exige uma equipe multiprofissional, resgate da identidade, da auto estima, dos hábitos de higiene e saúde, até chegar na recomposição de laços afetivos. Mas essa não é uma tarefa simples, a subjetividade das pessoas não é algo fácil de alcançar.

Contudo, associações projetos sociais e igrejas cumprem seu papel ofertando cobertores, agasalhos e alimentação, complementando a tarefa já desenvolvida pelo poder público. Outro dia falei com a secretária Andréa Lins sobre essas ações, mapeamentos e o fortalecimento desse trabalho. Tudo tem sua importância neste momento.

Essa não é uma questão atual, mesmo sabendo que a crise financeira amplia a mendicância. Em seu livro “Anápolis, Sua Vida, Seu Povo” a memorialista Haydée Jaime retratada o que ela chama de “tipos de rua” desde a década de 1930, contando características, costumes e trazendo fatos que apontam sobre a história da cidade.

Sendo assim, é importante que cada cidadão e cidadã carregue no carro um agasalho usado, um cobertor, que bote uma parte do jantar numa marmita descartável. Se cada um fizer sua parte poderemos ajudar muitas pessoas. Solidariedade é fundamental.

Marcos Carvalho é professor, psicólogo e servidor público federal. Atualmente vereador em Anápolis pelo Partido dos Trabalhadores. Escreve todas às terças-feiras. Siga-o no Instagram.

As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, as visões do Portal 6.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade