Ideia avança, e Anápolis pode ter 1,6 mil vagas de Área Azul

Reunião em São Paulo tratou do tema. Recursos arrecadados seriam revertidos para subsidiar transporte coletivo

Isabella Valverde Isabella Valverde -
Placas que indicam presença de Área Azul. (Foto: Reprodução)

A implantação da Área Azul em Anápolis deu mais um passo nesta semana, depois da reunião da Agência Reguladora Municipal (ARM), em São Paulo, com uma empresa que atua no ramo.

O enviado da autarquia foi Silas Ben-Hur, especialista em mobilidade urbana. No encontro, conforme apurou o Portal 6, foi tratada a operacionalidade do sistema de controle de estacionamento em áreas urbanas.

O plano é que pelo menos 1,6 mil vagas, distribuídas em diversos pontos da cidade, sejam incluídos na Área Azul para subsidiar um fundo que serviria para contribuir com a redução da tarifa do transporte coletivo.

“São imaginadas para Anápolis mais de 1600 vagas de estacionamento em inúmeros pontos diferentes, incluindo o Centro, Jundiaí, Jaiara, Av. Pedro Ludovico, entre outros”, explicou o presidente da ARM, Robson Torres.

O presidente destaca ainda que o sistema utilizaria câmeras de alta resolução que permitissem identificar os usuários habilitados para assim permitir que estacionem pelo tempo permitido em qualquer um dos pontos do município.

“A ARM busca um sistema capaz de operar com o menor gasto possível, com câmeras de alta resolução em pontos estratégicos que já fazem a leitura da placa automaticamente e que permita a integração, podendo o veículo estacionar em vários pontos diferentes com uma só comanda, obedecido o tempo permitido”, pontuou.

Por fim, Robson Torres destaca que os condutores poderão adquirir o cartão para a Área Azul, caso realmente seja implantada, em lojas parceiras ou de maneira mais simples pelo próprio celular.

“O cartão poderá ser adquirido por um aplicativo específico através do smartphone, buscando mais comodidade para o usuário, e também teremos as lojas parceiras que farão a venda em pontos estratégicos para quem necessitar”, enfatizou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.