Portal 6

Essa é a decisão que passa a valer a partir de agora nas blitze do IPVA em Anápolis

(Foto: Reprodução)

Operação anterior trouxe transtornos enormes no trânsito e também causou revolta em autoridades locais

Comandante do Batalhão Fazendário da Polícia Militar, o tenente coronel Denilson de Araújo Brito reconheceu nesta quarta-feira (03), durante entrevista à Rádio Manchester, que a blitz realizada no trevo do Recanto do Sol, um dos mais movimentados de Anápolis, foi um erro que não se repetirá mais.

Segundo ele, a partir de agora, novos estudos serão feitos para permitir que as próximas operações ocorram somente em locais que não tragam grande impacto no trânsito.

Embora ‘educativas’, as blitzes tem como objetivo combater a inadimplência do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Pressão

Desde as primeiras horas da manhã de terça-feira (02) várias autoridades locais, de diversos poderes, entraram em contato com o comandante do Batalhão Fazendário para reclamar.

Um deles foi o deputado estadual Amilton Filho (SDD), que estava presente no estúdio durante a entrevista e aproveitou novamente a oportunidade para cobrar no ar.

‘Faço esse apelo ao senhor, em nome da cidade de Anápolis, para que essas blitzes não sejam feitas em locais de grande fluxo e nem em ruas estreitas da cidade’, disse.

(Foto: Felipe Homsi)

‘O prefeito Roberto Naves, que está em São Paulo, me ligou duas vezes pedindo para mediar essa situação’, emendou o parlamentar.

‘Estamos abertos ao diálogo. Não vamos fazer mais blitzes em locais que provoquem transtornos para população”, reiterou o tenente coronel.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.