PublicidadePublicidade

Após votar, Gomide faz críticas a Roberto e diz que se ganhar promoverá pacificação política na cidade

Ex-prefeito, que quer voltar ao cargo, diz ainda que cestas básicas e máquina administrativa foram usadas pelo adversário

Caio Henrique Caio Henrique -

Depois do prefeito Roberto Naves (PP) votar na manhã deste domingo (29), foi a vez da outra face do segundo turno das eleições anapolinas cumprir o compromisso frente às urnas.

Antônio Gomide (PT) esteve no Colégio Galileu, no Jundiaí, no comecinho da tarde para votar e também conversar com a imprensa neste momento de aproximação da linha de chegada da corrida eleitoral.

O ex-prefeito avaliou a campanha como positiva e prospectiva, mas apresentou diversas justificativas e lamentações sobre o rival, que apareceu 21 pontos a frente dele na Serpes/O Popular divulgada no sábado (28).

Segundo ele, Roberto desapontou os cidadãos ao informar que não seria possível atender o compromisso no debate da TV Anhanguera, último antes das eleições.

“O prefeito correu do debate, isso é muito feio. O segundo turno é o momento de discutir os problemas da cidade. E ele simulou [se referindo às notícias de uma possível contaminação de Covid-19] para não ir ao debate, isso é muito feio”, disparou.

Gomide também acusou o adversário de usar a máquina administrativa e “perfis nas redes sociais aliados à Prefeitura” durante a campanha.

“Sofremos um ataque oficial. A máquina administrativa foi a grande adversária de todos os candidatos, no primeiro turno e agora no segundo também”, opinou.

“A máquina administrativa, os cargos comissionados, a compra de mais de 40 mil cestas básicas. Isso tudo faz diferença, a estrutura financeira é muito pesada”, justificou o petista.

Questionado pelo Portal 6 sobre a condução dos relacionamentos políticos na cidade em caso de vitória, Gomide prometeu buscar a pacificação.

“Quem ganha a eleição, tem que abrir mão. Tem que chamar todo mundo, independente se votou ou não na gente e unir esforços para fazer da cidade um monumento forte, com uma gestão planejada”, afirmou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade