PublicidadePublicidade

Publicado o decreto com a volta do grau moderado; veja na prática o que muda em Anápolis

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

O decreto que oficializa o nível moderado da matriz de risco em Anápolis foi publicado no Diário Oficial do Município na noite desta quinta (18) e tem efeito a partir de segunda-feira (22).

A medida, que já havia sido anunciada pela manhã, promove um isolamento social intermediário, necessário, segundo as autoridades sanitárias, para frear o avanço da segunda onda da pandemia.

“Neste momento, os leitos exclusivos de Anápolis estão com mais de 50% de ocupação, o que obriga o município a passar do risco leve para o moderado”, justificou o prefeito Roberto Naves (PP).

PublicidadePublicidade

Na prática, a volta deste grau não fecha a cidade nem paralisa a economia. Os protocolos para cada eixo de atividade ficam mais rígidos e com horários de funcionamento definidos. Confira:

>> Essenciais

Serviços de segurança, água e esgoto, coleta e tratamento de lixo e todos aqueles que fornecem insumos necessários à continuidade dos serviços públicos e das demais atividades essenciais e de manutenção da vida seguem funcionando normalmente, assim como bancos, lotéricas, correios, empresas de comunicação e serviços de assistência social

Veja as regras na íntegra.

>> Não essenciais

Comércio atacado e varejo tem o funcionamento reduzido de segunda à sexta das 09h às 16h. Após esse horário e aos finais de semana e feriados poderão funcionar apenas por meio de delivery.

Salões, barbearias, massagens, estética, manicure, tatuagem e piercing também devem limitar o funcionamento para o horário das 09h às 16h e fechar aos finais de semana e feriados. Mesma regra se aplica para prestação de serviços em geral, por empresas e/ou profissionais liberais e outros.

Academias, estúdio de pilates, crossfit, yoga, lutas e similares podem funcionar com no máximo 50 pessoas das 05h às 22h de segunda à sexta e fechar aos finais de semana e feriados.

Já atividades de ensino de esportes, centros esportivos, arena de esportes e similares devem ser suspensas, assim como aquelas com uso piscinas, hidroginástica e similares.

Hotéis, apart-hotéis, albergues não assistenciais, pensões e similares não devem admitir hospedes provenientes de outros estados. Motéis não podem funcionar.

Cursos de idiomas, artes, danças artísticas, música profissionalizantes, preparatórios, kumon e afins só podem funcionar com 30% da capacidade e de segunda à sexta das 09h às 16h.

Veja as regras na íntegra.

>> Alimentação

Hipermercados, supermercados, atacadistas, açougues, minimercados e afins só devem permitir a entrada de uma pessoa por unidade familiar. Lojas de conveniência não podem abrir.

Restaurantes, bares e distribuidoras de bebidas, lanchonetes, padarias, pamonharias, pizzarias, pit dogs, food trucks e similares continuam abertos todos os dias da semana, inclusive feriados, mas com restrições.

São elas: apenas 30% da capacidade máxima de ocupação e até às 22h. Após esse horário funcionamento somente por delivery, retirada ou drive-thru.

O mercado do produtor deverá funcionar com até 300 clientes de maneira simultânea. Já as feiras terão esquema de rodízio, ainda a ser definido por normativa específica do órgão competente.

Veja as regras na íntegra.

>> Higiene

Comércio, atacado e varejo de produtos de higiene pessoal, cosméticos, perfumaria, saneantes, óticas e outros tem o funcionamento reduzido de segunda à sexta das 09h às 16h. Após esse horário e aos finais de semana e feriados poderão funcionar apenas por meio de delivery.

Já serviços de higiene geral/desinfecção de ambientes, esterilização, lavanderias comuns e hospitalares, desinfestação de pragas e outros podem funcionar sem restrições de dias e horários.

Veja as regras na íntegra.

>> Agropecuário

Comércio atacado e varejo de lojas agropecuárias e similares e pet shops tem o funcionamento reduzido de segunda à sexta das 09h às 16h. Após esse horário e aos finais de semana e feriados poderão funcionar apenas por meio de delivery.

Mesma regra vale para atividades de banho e tosa e afins. Já a prestação de serviços, consultórios, clínicas e hospitais veterinários podem funcionar sem restrições.

Veja as regras na íntegra.

>> Construção Civil

Todas as obras podem continuar, de segunda à sexta das 09h às 16h. As lojas de materiais de construção, ferragistas, tintas, marmorarias, madeireiras, reparos, materiais hidráulicos, materiais elétricos e serviços podem funcionar no mesmo período. Após esse horário e aos finais de semana e feriados poderão atender apenas por meio de delivery.

Veja as regras na íntegra.

>> Entretenimento e lazer

Boates, danceterias, salões de dança e similares não poderão funcionar, assim como casas de espetáculo, cinemas e teatros e afins.

Igualmente, galerias de arte, museus e bibliotecas não terão abertura permitida ao público.

Os parque e praças seguem abertos, mas o uso de academias ao ar livre, parquinhos, brinquedos coletivos e
espaços públicos esportivos fica proibido.

Os eventos públicos, por sua vez — congressos, reuniões e similares — podem ter no máximo 50 pessoas desde que obtenha autorização prévia da Vigilância Sanitária.

Mesma regra vale para os privados, como cerimônias matrimoniais, batizados e suas respectivas comemorações.

Já campeonatos/eventos esportivos profissionais devem seguir a legislação estadual.

Veja as regras na íntegra.

>> Centros comerciais e religiosos

Brasil Park Shopping e Anashopping têm a entra permitida de somente 500 clientes simultâneos de segunda à sexta-feira, das 12h às 20h. Após esse horário e aos finais de semana e feriados deve funcionar apenas por meio delivery, seguindo os protocolos de alimentação e saúde.

Já o comércio popular e o Mercado Municipal segue a regra das 09h às 16h e a o número de clientes simultâneos deverá ser igual ao número de lojas existentes no local.

Os cultos religiosos e filosóficos só podem ser realizados com até 30% da capacidade máxima de ocupação do salão onde ocorra a celebração e atividades para crianças e jovens devem ser suspensas.

Veja as regras na íntegra.

>> Transporte

Comércio atacado e varejo de itens ligado ao setor tem o funcionamento reduzido de segunda à sexta das 09h às 16h. Após esse horário e aos finais de semana e feriados poderão funcionar apenas por meio de delivery.

Oficinas mecânicas, auto elétricas, borracharias e similares têm o funcionamento garantido todos os dias da semana sem restrição de horário.

Já os ônibus da Urban e o transporte por aplicativo não podem exceder à capacidade de passageiros sentados por veículo a cada viagem.

Veja as regras na íntegra.

>> Educação

Instituições de ensino que já estavam funcionando continuam autorizadas, desde que sigam adotando as medidas de segurança definidas no protocolo.

Veja as regras na íntegra.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade