PublicidadePublicidade

Beber café em Anápolis está cada vez mais caro, mostra pesquisa do Procon

Em menos de 30 dias, preço médio nos supermercados da cidade saltou quase 15%

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

Enquanto em maio o preço médio do café em pó de 500 gramas foi encontrado a R$ 8,06 em Anápolis, no mês de junho o consumidor já tem de desembolsar R$ 9,47 – uma diferença 14,89% em menos de 30 dias.

É o que mostra a pesquisa de preços do Procon Municipal divulgada nesta terça-feira (15) pela Prefeitura de Anápolis.

Já no quesito limpeza doméstica, o vilão foi o sabão em barra, cujo valor médio saiu de R$ 6,52 para R$ 7,37.

PublicidadePublicidade

O levantamento foi realizado entre os dias 7 e 10 de junho em seis supermercados da cidade.

Na prática, ao se comparar a soma média dos 35 produtos levantados no mês de maio e junho, a diferença é de exatamente 1 real – R$ 216,17 ante R$ 215,17, respectivamente.

Isso porque alguns produtos, na contramão da inflação, estão dando algum fôlego para o consumidor. Esse é o caso do preço médio do quilo da mortadela, que saiu de R$ 14,16 em maio para R$ 9,99 em junho.

“Embora o consumo de alimentos seja algo muito regional ou mesmo familiar, algumas pessoas devem ficar atentas a essas oscilações de preços para trocar a compra de produto no supermercado e não ter grande perda no poder de compra”, avalia Wilson Velasco, diretor do órgão.

O chefe do Procon especifica que os 35 itens, 14 tiveram queda média de preço e dois não sofreram alterações.

Ao coletar os valores de cada produto nos seis supermercados, o quilo do tomate foi o que teve maior variação de preços (134%).

O menor valor foi encontrado a R$ R$ 2,99 e o maior valor, a R$ 6,99. Outro item que chama atenção é o sal refinado. Um pacote de um quilo pode ser vendido entre R$ 0,85 e R$ 1,90.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade