PublicidadePublicidade

Saiba como cada deputado goiano votou na PEC dos Precatórios

Dos 17 parlamentares, dois não votaram e o restante foi favorável à decisão

Karina Ribeiro -
O mandado de segurança foi rejeitado pela relatora, Rosa Weber. (Foto: Reprodução/Câmara dos Deputados)

Durante a madrugada desta quinta-feira (04), os deputados federais aprovaram o texto-base da Proposta de Emenda da Constituição (PEC) dos precatórios.

Foram 312 votos favoráveis – somente quatro a mais do que eram necessários – e 144 votos contrários. 57 deputados não votaram.

A vitória apertada teve apoio quase absoluto de parlamentares goianos. Dos 17 integrantes da bancada estadual no Congresso, somente dois não votaram: Elias Vaz (PSB) e Rubens Otoni (PT).

PublicidadePublicidade

Todos os demais acenaram positivamente para a PEC – que é considerada uma espécie de drible para permitir a expansão dos gastos públicos e viabilização do Auxílio Brasil, prometido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

São eles: Adriano do Baldy (PP), Alcides Rodrigues (Patriota), Célio Silveira (PSDB), Delegado Waldir (PSL), Dr. Zacarias Calil (DEM), Flávia Morais (PDT), Francisco Jr. (PSD), Glaustin da Fokus (PSC), João Campos (Republicanos), José Mário Screiner (DEM), José Nelto (Podemos), Lucas Vergílio (Solidariedade) Magna Moffato (PL), Professor Alcides (PP), Vitor Hugo (PSL).

A proposta ainda deve passar por votação em segundo turno na Câmara, antes de seguir para o Senado. Neste caso, o apoio necessário é de 49 votos dos 81 que estão em jogo.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.