Após atraso, Goiânia vai ganhar três novos viadutos em maio

Todas as obras foram lançadas ainda na gestão de Iris Rezende, em 2020, e tiveram calendários de entrega alterados

Rafael Tomazeti -
Obras do Complexo Viário da Jamel Cecílio foram entregues nesta semana. (Foto: Secom).

Três novos viadutos serão entregues pela Prefeitura de Goiânia neste mês. O Paço Municipal confirmou nesta terça-feira (10) a inauguração total do Complexo Viário Luiz José Costa, na Marginal Botafogo, e dos viadutos Lauro Belchior e da Perimetral Norte.

Todas as três obras foram lançadas ainda na gestão de Iris Rezende, mas tiveram prazos de entrega postergados. No caso do Complexo Viário Jamel Cecílio, o viaduto foi inaugurado no fim de 2020, pelo ex-prefeito emedebista. Porém, as demais obras de arte da estrutura não ficaram prontas.

A entrega de toda a obra será na sexta-feira (13), com a liberação de tráfego na rotatória no nível da Alameda Leopoldo de Bulhões e também a trincheira da Marginal Botafogo.

O nome do complexo homenageia o cantor goiano Leandro, irmão de Leonardo, que morreu em 1998, vítima de câncer. A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) ainda instalou nova iluminação e rede de drenagem com bocas de lobo. Foram concluídas as intervenções paisagísticas, implementadas calçadas acessíveis e sinalização.

Na semana passada, o Portal 6 listou obras em atraso na capital. Uma delas era exatamente o Complexo Viário da Jamel Cecílio. Com as entregas, a ideia do prefeito Rogério Cruz é criar uma agenda positiva em maio.

Mais entregas

Lançada em setembro de 2019, a obra do Viaduto Lauro Belchior, popularmente conhecido como Viaduto da Enel, será entregue no dia 27 de maio. Contudo, quando a ordem de serviço foi executada, previa-se a finalização do serviço em até seis meses. Ainda faltam concluir o asfalto de um lado da pista e terminar serviços de iluminação e sinalização.

A estrutura liga os bairros Leste Universitário e Jardim Novo Mundo. Estima-se que 2,5 mil veículos passem por dia sobre o viaduto. A ideia é facilitar a conexão de mais de 30 bairros da região Leste com o Centro de Goiânia. Essa interligação hoje é feita apenas pela Avenida Anhanguera.

A superestrutura é constituída por oito vigas metálicas de cerca de 54 metros de comprimento e 2,5 metros de altura cada, vão central de 41 metros e dois balanços adjacentes de 6,17 metros.

O viaduto tem 20 metros de largura. Nesse espaço há duas pistas, com largura de oito metros cada e quatro faixas de rolamento, e passarela de pedestres em toda a sua extensão, com largura de 1,2 metro de cada lado, além do canteiro central de um metro.

Por fim, em 31 de maio, o Paço Municipal planeja a inauguração do Viaduto da Perimetral, cujas obras começaram também na gestão Iris Rezende, em 2020. A Prefeitura de Goiânia chegou a marcar a entrega para o fim do ano passado. Porém, com alguns problemas na estrutura, a data foi revista.

Este viaduto está no cruzamento das avenidas Goiás e Perimetral e integra o pacote do BRT Norte-Sul. Ao todo, são 27 vigas de 33 metros e nove vigas de 22 metros.

São quatro faixas para tráfego, duas em cada sentido. No viaduto, os ônibus do transporte coletivo terão uma faixa exclusiva em cada sentido e os demais automóveis uma faixa em cada sentido também.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.