Ministério Público pede explicações a cidade goiana sobre contratação milionária de shows

Apresentações foram custeadas com empréstimo feito pela Administração Pública

Pedro Hara -
Show do Barões da Pisadinha é um dos aguardados no evento junino da Prefeitura de Cachoeira Alta. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A contratação dos shows de Leonardo, Rionegro e Solimões e Barões da Pisadinha, em Cachoeira Alta, na região Sul de Goiás, entrou na mira do Ministério Público de Goiás (MPGO).

As apresentações estão previstas para ocorrer entre junho e setembro deste ano e não houve licitação para que os artistas fossem até a cidade.

Ao todo, o custo aos cofres públicos foi de R$ 1,15 milhão. Procurado para comentar o caso, o prefeito Rodrigo Mendonça (PDT), não se manifestou.

O show do sertanejo Leonardo foi contratado por R$ 310 mil, Os Barões da Pisadinha, no valor de R$ 400 mil e Rionegro e Solimões, por R$ 150 mil.

De acordo com o MPGO, os shows foram custeados com o dinheiro de um empréstimo de R$ 11 milhões feito pela Administração Municipal.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade