Quem aparece em vídeo íntimo do show de Henrique e Juliano pode ter mais problemas do quem compartilha, aponta advogado

Registros foram feitos durante a apresentação da dupla em Goiânia e logo tomaram conta dos grupos de WhatsApp

Pedro Hara -
Dupla se apresentou em Goiânia no último final de semana. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

As cenas íntimas registradas no meio do show da dupla Henrique e Juliano, no último domingo (05), no estacionamento do Estádio Serra Dourada, em Goiânia, rapidamente viralizaram nas redes sociais.

Diversas pessoas compartilharam o conteúdo explícito em grupos de WhatsApp e redes sociais que permitem a exibição do registro.

Para entender quais são as implicações jurídicas que a gravação e distribuição do conteúdo impõe aos responsáveis, o Portal 6 consultou o advogado Rafael Barreira.

Segundo ele, legalmente, quem fez compartilhamento do conteúdo amador dificilmente sofreria alguma sanção da Justiça.

“Por ser área pública, um local aberto, quem filmou não cometeu nenhum crime. Uma pessoa que faz isso em público está abrindo mão da privacidade”, ponderou.

Já os envolvidos nas cenas de “amor”, sim, podem ter dores de cabeça se observado a legislação. Mas nada que os coloque atrás das grades de verdade.

“A que faz o sexo em local aberto comete o crime de ato obsceno. É uma infração de menor potencial ofensivo”, explicou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.