Portal 6

Novos ‘tesouros’ são encontrados pela Polícia Civil na casa de João de Deus

(Foto: Reprodução)

Médium tinha vários esconderijos para suas riquezas, incluindo um grande cofre subterrâneo

A Polícia Civil realizou uma coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira (21) para informar os primeiros detalhes do cumprimento de novos mandatos de busca e apreensão em três casas de João de Deus, em Abadiânia.

A operação foi iniciada durante a manhã e as equipes ainda estão na cidade, onde já passaram pelos endereços, incluindo a Casa Dom Inácio de Loyola, e encontraram novos ‘tesouros’ escondidos.

“Dentro de um guarda-roupa foi encontrado um fundo falso e lá tinha um cofre vazio. Esse é outro guarda-roupa, com outro fundo falso. Encontrou-se também uma mala cheia de dinheiro, mas não temos o valor ainda”, disse o delegado André Fernandes, responsável pelas investigações.

(Foto: Divulgação / Polícia Civil)
Grande cofre estava camuflado em fundo falso de guarda-roupa. (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Além do dinheiro, também estão entre as apreensões várias pedras preciosas, identificadas como esmeraldas, além de medicamentos e instrumentos cirúrgicos.

Todos esses objetos, conforme o delegado, deverão ser usados como provas testemunhais, juntamente com os depoimentos de mulheres que se afirmam vítimas, mas tiveram o caso prescrito.

“Ele [João de Deus] foi indiciado por violação sexual mediante fraude e todas as diligências de busca nos endereços soma-se a essas provas, que com certeza terão grande relevância no Poder Judiciário. Dois funcionários que tinham coordenação interessante dentro das atividades que a casa desenvolvia também foram ouvidos nas últimas horas”, afirmou.

Pedras preciosas encontradas na casa de João de Deus. (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

João de Deus está preso há cinco dias no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, e poderá ter o pedido de liberdade impetrado pela defesa ainda nesta sexta (21).

A decisão do habeas corpus está nas mãos do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, que visitou o médium no mês de abril, conforme a colunista do Estadão, Sônia Rassi.

Ministro do STF que visitou João de Deus em abril pode colocar médium em liberdade

 

Quer comentar?

Comentários

Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.