PublicidadePublicidade

Morte de estudante em Anápolis foi rápida e ela deixou bebê de seis meses

CPMG Cezar Toledo está de luto e família ainda está sem saber o que realmente aconteceu com a jovem

Avatar Danilo Boaventura -

Sepultada na manhã deste domingo (29), Lara Rodrigues, de 17 anos, era uma aluna exemplar e admirada por colegas e professores.

No último dia 15 de dezembro ela e dezenas de outros estudantes participaram da formatura dos 3ºs anos do Colégio Estadual da Polícia Militar Dr. Cezar Toledo, um dos melhores do país segundo o ranking do Ministério da Educação.

Segundo a família, Lara começou a sentir dores abdominais e passou mais de 15 dias internadas na Hospital Evangélico Goiano (HEG) sem obter nenhum prognóstico claro.

PublicidadePublicidade

Durante o período, o quadro clínico se agravou e a suspeita é a jovem adquiriu uma infecção generalizada que tirou-lhe a vida neste sábado (28).

O drama da estudante, que pela dedicação ao colégio tinha plenas condições de ingressar em boas universidades públicas, é ainda mais forte.

Ela tinha uma bebê de seis meses e mesmo na UTI conseguiu amamentá-la com a ajuda de enfermeiras, que tiravam o leite para a criança.

Muito humilde, a família de Lara retornou para casa de luto e sem saber o que realmente aconteceu com ela durante todos esses dias de agonia.

Nota da Redação

O Portal 6 publicou anteriormente no sábado (28), às 12h50, a reportagem com o seguinte título: Morte de estudante foi rápida e ela deixou bebê de seis meses após passar por Evangélico, HUANA e Santa Casa. A família entrou em contato com a Redação nesta segunda-feira (30) e informou que, durante todo o período de internação, ela permaneceu no HEG. O conteúdo foi atualizado às 18h.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade