Manifestantes jogam tomates contra Macron, recém-reeleito na França

Assim que as primeiras frutas foram atiradas, a equipe de segurança do presidente reage e protege a cabeça dele

Folhapress -
Emmanuel Macron, reeleito presidente da França. (Foto: Jeff J Mitchell/Getty Images)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Manifestantes jogaram tomates na direção do presidente da França, Emmanuel Macron, nesta quarta-feira (27), durante uma visita dele a um mercado em Cergy, nas proximidades de Paris, mas ele não foi atingido. Este foi um dos primeiros compromissos de Macron desde sua reeleição, no último domingo (24).

O francês foi alvo da “tomatada” enquanto conversava com moradores da área. Assim que os primeiros tomates são atirados, a equipe de segurança do presidente reage e protege a cabeça dele.

Um guarda-chuva foi aberto na sequência, e Macron foi levado para uma área coberta do mercado, segundo o Le Parisien.

No domingo, Macron derrotou Marine Le Pen, candidata da extrema direita, numa votação de segundo turno em que a abstenção foi de 28%, uma das mais elevadas nas últimas décadas.

O primeiro mandato dele foi marcado por crises -protestos sociais, uma pandemia com milhões de pessoas confinadas e o retorno da guerra na Europa com a invasão russa à Ucrânia – que transformaram a França que ele assumiu em 2017.

Um dos principais desafios em seu segundo mandato será unir a França após estas eleições e obter apoio das classes mais populares, que preferiram outros candidatos ou se abster do voto.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.