PublicidadePublicidade

Em comunicado, diretor de jornalismo da Globo anuncia demissão de William Waack

Atitude da emissora é decorrente ao vazamento de um vídeo que flagrou o ex-apresentador do Jornal da Globo falando frases racistas

Da Redação -

A TV Globo anunciou na manhã desta sexta-feira (22) a demissão do jornalista ex-apresentador do Jornal da Globo, William Waack.

A atitude da emissora é decorrente ao vazamento de um vídeo que flagrou os bastidores de uma transmissão na cidade de Washington, capital dos Estados Unidos.

Waack se irrita com algum buzinando na rua, fala palavrões e balbucia algo como “é preto, é coisa de preto” para o comentarista Paulo Sotero, que apenas ri. Assista:

PublicidadePublicidade

https://youtu.be/yhzgqDdbm4Q

Em comunicado, o diretor de jornalismo da Globo afirma que o encerramento do contrato foi de comum acordo e fez elogios a Waack. Veja na íntegra:

Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 08 de novembro de 2017, Willian Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem respeito. A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham. A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestação. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração. 

Rio de Janeiro, 22 de dezembro de 2017

Ali Kamel, diretor de jornalismo da TV Globo

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.