PublicidadePublicidade

IFG Anápolis comemora 10 anos de existência e há muitos motivos para comemorar

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)
PublicidadePublicidade

O Instituto Federal de Goiás – Câmpus Anápolis está completando dez anos de atividade em Anápolis e há muito o que comemorar. Uma instituição pública, gratuita e que oferta educação de qualidade para a população, cumprindo seu papel educacional e social, ajudando a potencializar o desenvolvimento econômico e social do município.

O IFG nasceu das antigas escolas de aprendizes e artífices, que remontam 1909 no governo do presidente Nilo Peçanha. Atravessou diversas nomenclaturas como Escola Técnica, CEFET, IFET, até ser tornar Instituto Federal de Goiás, com 15 câmpus espalhados pelo Estado. Oferta ensino médio integrado ao técnico, em turno integral e ensino médio na modalidade de jovens e adultos, no período noturno, também em articulação com o mundo do trabalho.

Oferece ainda cursos superiores diversos em diálogo com os arranjos produtivos locais e regionais. Essa capacidade de interlocução com a cidade começa por sua localização, após o cemitério, região que dez anos atrás era bastante empobrecida e carente de investimentos. Uma das potencialidades dos institutos federais é justamente essa, induzir desenvolvimento humano e social, hoje podemos perceber como a região Sul de Anápolis cresceu e o IFG tem suas digitais nesse fenômeno demográfico e econômico.

PublicidadePublicidade

Em detrimento de uma formação tecnicista, fordista e quase operacional, o Instituto acredita na formação omni lateral do ser humano, desenvolvendo uma educação capaz de emancipar, discutir e analisar os conteúdos além do quadro e giz, defendendo que seus alunos sejam capazes de problematizar e protagonizar relações no mundo do trabalho.

Em uma década mais de 10 mil pessoas foram atendidas entre cursos de ensino médio, graduação, mestrado e extensões, além de Pronatec, Mulheres Mil e demais ações que mobilizaram a cidade. O IFG chega hoje nesse marco temporal contribuindo de maneira decisiva para o enfrentamento da pandemia, confeccionando álcool gel, máscaras, distribuindo alimentos e mobilizando a sociedade civil sobre seu papel.

Todo esse trabalho tem fruto na dedicação de seus técnicos, docentes e alunos, que compreenderam desde muito cedo o papel protagonista do IFG para Anápolis e toda sua capacidade de contribuir para o desenvolvimento local e regional, mudando cenários e arranjos produtivos, mas também transformando vidas por meio de uma educação de qualidade.

Marcos Carvalho é professor, psicólogo e servidor público federal. Atualmente vereador em Anápolis pelo Partido dos Trabalhadores. Escreve todas as terças-feiras. Siga-o no Instagram.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade