Morre Vovó Baby, nome de destaque nas rodas culturais de Anápolis

Mãe da professora de teatro Ana Queiroz, foi babá do governador Ronaldo Caiado, além de cantora, doceira e quituteira

Flávio Mobaroli -
Vovó Baby falece aos 92 anos. (Foto: Reprodução)

Doceira e quituteira de mão cheia, com profundas raízes na cultura goiana, Baby Ferreira de Queiroz, a Vovó Baby, morreu na manhã desta sexta-feira (14), aos 92 anos.

Nascida em Jaraguá, com passagem por Pirenópolis e radicada em Anápolis por mais de 60 anos, Vovó Baby estava internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) havia 18 dias, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Mãe de cinco filhos, de dois casamentos, sendo uma delas a professora de teatro Ana Queiroz, Vovó Baby desempenhou várias funções ao longo da vida. “Minha mãe foi uma das primeiras mulheres goianas do samba”, relembrou Ana.

Depois de chegar a Anápolis, ainda nos anos 1950, Vovó Baby também teria trabalhado em casas de família, uma delas, conforme Ana Queiroz, a do atual governador de Goiás. “Ela foi babá do Ronaldo Caiado” e sempre teve muito orgulho disso”.

O velório de Vovó Baby é realizado na Funerária Senap – em frente ao cemitério São Miguel –durante a tarde dessa sexta-feira (14). O sepultamento acontece por volta das 19h, no Memorial Parque.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.