Presidente da Alego propõe homenagem polêmica para batizar obra em Goiás

Sugestão foi apresentada durante o evento de inauguração de lançamento da construção

Pedro Hara -
Fala ocorreu durante evento. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Durante evento em Pires do Rio, no Sudeste de Goiás, o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira (PSD), propôs uma homenagem bastante polêmica para batizar o contorno viário que será construído na cidade.

Lissauer sugeriu que a obra levasse o nome de Fábio Tomazini, empresário que tirou a própria vida em 2019, após matar a ex-mulher. Fábio era filho de Cida Tomazini (Podemos), prefeita do município.

A informação foi divulgada pela colunista Fabiana Pulcineli, do O Popular. Para a jornalista, o deputado justificou que Fábio “era um cara empreendedor e teve um momento de loucura”.

Além de Lissauer e Cida Tomazini, estavam presentes no evento o governador Ronaldo Caiado (União Brasil).

O investimento previsto para a realização do contorno viário é de R$ 59,3 milhões. O prazo para a entrega da obra é outubro de 2023.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade