Golpe clona o aplicativo Caixa Tem; confira se você foi uma das vítimas

Pessoas desavisadas podem acabar caindo no esquema fraudulento que rouba informações do usuário

Augusto Araújo -
Golpe clona o aplicativo Caixa Tem; confira se você foi uma das vítimas
Aplicativo da Caixa Econômica Federal disponibiliza dados sobre benefícios sociais. (Foto: Reprodução)

Os trabalhadores que possuem direito a realizar o saque extraordinário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) devem ficar atentos. Isso porque existe um golpe que clona o aplicativo Caixa Tem e usuários desavisados podem acabar caindo no esquema.

Portanto, confira a seguir se você foi uma das vítimas e o que fazer, caso isso tenha acontecido.

Golpe clona o aplicativo Caixa Tem; confira se você foi uma das vítimas

Primeiramente, o golpe acontece quando um fraudador se cadastra no aplicativo Caixa Tem com o CPF e demais dados do verdadeiro usuário.

No entanto, ele se inscreve com um novo e-mail e outro telefone celular para impedir o titular de alterar a senha.

O trabalhador só percebe que foi vítima do esquema quando tenta entrar no sistema, e descobre que já havia um cadastro com aquele CPF.

Sendo assim, a Caixa orienta que, se verificar problemas no cadastro para acesso ao aplicativo, o usuário deve se dirigir a uma agência do banco com documento de identificação para regularizar a conta.

O mesmo deve ser feito em caso do mesmo CPF cadastrado em mais de um celular. Isso porque há um limite para cadastro da mesma identificação em vários aparelhos.

Caso o usuário já tenha encerrado a conta no Caixa Tem em função da fraude, mas tenha direito ao saque extraordinário do FGTS, a Caixa diz que continuará utilizando uma Poupança Social Digital como forma de pagamento.

No entanto, será aberta uma nova conta automaticamente para substituir a anterior que foi fraudada.

O banco alerta que não envia mensagem com solicitação de senhas, dados ou informações pessoais, links, confirmação de dispositivo ou de acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Como saber se você foi uma vítima

Se você não consegue acessar o sistema, tentou colocar uma senha considerada incorreta e percebeu que o e-mail e o telefone não correspondem aos seus, é preciso procurar uma agência da Caixa.

Além disso, é recomendável fazer um boletim de ocorrência na delegacia, caso dinheiro tenha sido retirado da conta.

Siga o Portal 6 no Instagram: @portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.