Pastor é atacado na internet após pedir a mão da namorada no enterro do pai dela

Cena viralizou e muitos consideram que a postura dele foi um desrespeito. Há, porém, quem defenda a atitude

Isabella Valverde -
Vídeo do pedido inusitado viralizou e já recebeu mais de 285 mil vizualizações no TikTok. (Foto: Reprodução)

Nem todos são amantes dos clássicos pedidos de casamento românticos. Um homem decidiu inovar e pedir a mão da amada durante o velório do pai dela. Diante a situação inusitada, um dos presentes filmou o momento e publicou nas redes sociais. A cena, é claro, viralizou.

Segundo o jornal britânico The Mirror, o apaixonado, além de ser parceiro da filha do homem que estava sendo velado, era também pastor do culto que a família costumava frequentar, na África do Sul.

No vídeo é possível ver que, na tradicional pose de joelhos, o homem realizou o pedido com um microfone para que todos pudessem ouvir. Mesmo com feições de muita surpresa e até mesmo choque, a moça aceitou.

Diversos convidados que participavam do funeral reagiram surpresos à proposta e celebraram ao ver que a noiva aceitou o anel.

Com mais de 285 mil vizualizações no TikTok, plataforma em que o conteúdo foi postado com a legenda “ele pediu a filha do falecido em casamento durante o funeral”, o pedido vem deixando diversos internautas indignados. Boa parte classifica a atitude como um “completo desrespeito”.

Comentários como “É um desrespeito total em todos os níveis” ou “Isso é errado de todas as formas possíveis, não importa qual seja a sua justificativa para isso”, são apenas algumas das duras críticas que o noivo está recebendo.

Por outro lado, alguns internautas decidiram ficar ao lado do homem. Eles justificam que foi apenas uma forma de demonstrar amor.

“Ele está ali dizendo que, apesar de ela ter perdido seu pai, ele estará ali para ela. Isso é amor”, comentou um usuário da rede.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade