Pastores de Anápolis querem que Prefeitura injete dinheiro na “Marcha para Jesus”

Há resistência por parte do Executivo, já que ajudar a marcha dos pastores fortaleceria o lobby de outros segmentos que também gostam de dinheiro público, como a "Parada Gay" e congressos estudantis

Carlos Henrique -

Recebidos na quarta-feira (15) no gabinete do prefeito Roberto Naves (PTB), o Conselho de Pastores de Anápolis quer apoio financeiro para realizar a “Marcha para Jesus”.

Na audiência estavam presentes os pastores presidentes dos dois maiores ministérios evangélicos da cidade, José Clarimundo César (Assembleia de Deus de Anápolis) e Bertier Magalhães (Assembleia de Deus Madureira).

Deve sair o apoio financeiro por parte da Prefeitura para os congressos de jovens que ambas denominações realizam durante o carnaval e que movimentam os setores hoteleiros e de transportes na cidade.

PublicidadePublicidade

Para a ‘Marcha’ há resistência, já que as contas do Executivo Municipal ainda não estão equilibradas. Há ainda o cálculo de que ajudar a marcha dos pastores fortaleceria o lobby de outros segmentos da sociedade que também gostam de dinheiro público em seus eventos, como a “Parada Gay” e congressos estudantis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.