Portal 6

Os acontecimentos ‘sobrenaturais’ que marcaram o depoimento de João de Deus

(Foto: Reprodução)

Interrogatório teve de braço fraturado à explosões. Denúncias contra o religioso já passam de 400

Após se entregar à Polícia Civil na tarde deste domingo (16), o médium João de Deus passou cerca de quatro horas prestando depoimento na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), em Goiânia.

O local foi rapidamente tomado por profissionais da imprensa e, ao O Popular, a delegada Karla Fernandes Guimarães, responsável pelo caso, e delegado-geral, André Fernandes de Almeida, confirmaram que se tratou de um momento repleto de acontecimentos “sobrenaturais”.

O primeiro obstáculo registrado foi quando o escrivão que colheria as falas de João de Deus sofreu um acidente na BR-060, enquanto viria para Anápolis, onde seria  o interrogatório.  Ele fraturou o braço e o endereço teve de ser mudado para Goiânia.

Um outro escrivão chegou a ser convocado para comparecer na DEIC, porém o teclado do computador que ele usava começou a apresentar falhas. O toque em uma única letra era suficiente para repetir uma palavra inteira diversas vezes.

O que mais assustou as pessoas presentes no local, no entanto, foi o estouro em uma extensão elétrica no exato momento em que o ar condicionado estava sendo ligado. O problema não só fez com que o eletrodoméstico parasse funcionar, como também afetou um frigobar.

Depois de tantos sustos, o depoimento teve continuidade e o médium reafirmou ser inocente. Ele levado diretamente para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Em tempo

Até a tarde desta segunda-feira (17), conforme o Ministério Público de Goiás (MP-GO), mais de 400 denúncias já foram recebidas por parte de mulheres que dizem ter sido vítimas de João de Deus.

Agora, além de ouvir as testemunhas do caso, os órgãos responsáveis estão investigando também denúncias por lavagem de dinheiro e se  outras pessoas foram coniventes com as ações do religioso.

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter



Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.