PublicidadePublicidade

Morte de cardiologista de Anápolis por covid-19 está comovendo as redes sociais

Em nota, Unimed afirmou que ele deixou um "legado de ética, humanismo e compromisso com os pacientes"

Rafaella Soares Rafaella Soares -
(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Acolhedor, prestativo e profissional de excelência. São características como essas que anapolinos estão usando para homenagear e se despedir do médico cardiologista Iran Célio José Rodrigues, de 70 anos.

Ele havia sido internado há cerca de um mês em um hospital de Goiânia e estaria lutando contra complicações provocadas pela Covid-19. O óbito foi registrado no sábado (17).

Nesta segunda (19), o Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego) publicou nas redes sociais uma nota de pesar, confirmando a morte e mandando solidariedade aos familiares, amigos e médicos do estado que tinham proximidade com Iran.

PublicidadePublicidade

A Unimed Anápolis também divulgou um comunicado, agradecendo o cardiologista pelo “legado de ética, humanismo e compromisso com os pacientes nos 28 anos de trabalho prestados na cooperativa.”

Já entre a população, são várias as pessoas que foram surpreendidas com a notícia e fizeram questão de relembrar o quanto ele era querido e se destacava como profissional.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade