PublicidadePublicidade

Para se vingar da esposa, homem esfaqueia garotinha e coloca fogo em casa para matá-la

Ele também queria assassinar outros cinco filhos pequenos, mas a mais velha interviu para que eles pudessem fugir

Da Redação Da Redação -
Casa ficou destruída após homem atear fogo. (Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou uma denúncia contra o homem, de 39 anos, que é suspeito de ter matado a própria filha, de apenas 13 anos, no município de Criciúma.

O caso foi registrado no último dia 13 e o genitor deverá responder por feminicídio, além de duas tentativas de feminicídio, três tentativas de homicídio qualificado e incêndio criminoso.

Na ocasião em que tudo aconteceu, segundo o NSC Total, o suspeito estaria inconformado com o fim do relacionamento com a mãe dos seus 06 filhos e decidiu se ‘vingar’ e matar todos eles.

PublicidadePublicidade

As crianças e a adolescente, de 05, 07, 08, 10, 11 e 13 anos, estavam na residência quando começaram a ser atacadas pelo pai. Porém, a mais velha entrou na frente para proteger os mais novos.

Foi neste momento que o homem teria a segurado pelos cabelos e desferido vários golpes de faca no tórax da menina. Os outros filhos, mesmo tão pequenos, conseguiram correr para pedir ajuda dos vizinhos.

Não satisfeito, o pai ainda ateou fogo na casa, bem no local em que a garotinha estava.

A perícia no corpo da filha mostrou que ela ainda estava viva depois de ser esfaqueada, mas não resistiu após ser atingida pelas chamas.

A mãe das vítimas não estava por perto na hora da execução porque era alvo de violência doméstica e teria fugido com medo do companheiro.

O denunciado já tem passagens pela Lei Maria da Penha e está preso preventivamente.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade