PublicidadePublicidade

Afinal, a Saneago vai mesmo gerar “chuva artificial” para encher rio em Goiânia?

Por mais inusitado que pareça, essa medida já foi adotada por outras cidades Brasil afora

Rafaella Soares -
Ponte sobre o Rio Meia Ponte, em Goiânia. (Foto: Divulgação/ Saneago)

Depois de O Popular dizer na edição desta quinta-feira (30) que a Saneago quer fazer chuva artificial no Meia Ponte, em Goiânia, não foram poucos os que questionaram se a companhia estenderia essa ideia às outras regiões que também enfrentam problemas hídricos no estado.

Conforme a reportagem do jornal, a proposta teria sido apresentada em uma reunião com agências reguladoras para que as precipitações fossem induzidas em períodos de seca em locais estratégicos do rio que abastece grande parte da capital.

Por mais inusitado que pareça, essa medida já foi adotada por outras cidades Brasil afora.

PublicidadePublicidade

Ao ser questionada pelo Portal 6 se o mesmo poderia ocorrer em Anápolis, que enfrenta há anos problemas com abastecimento no período de estiagem, a Saneago afirmou nunca ter confirmado que implementaria essa iniciativa em lugar algum de Goiás.

Em nota, a Gerência de Relacionamento com a Imprensa da companhia explicou que está apenas desenvolvendo estudos e elaborando planejamentos para que o abastecimento público deixe de ficar prejudicado nos meses sem chuva. As ações desses estudos, no entanto, não foram reveladas.

De todo modo, o posicionamento da Saneago é de que, caso as alternativas em fase de pesquisa se mostrem viáveis, as inovações serão levadas para todos os 226 municípios goianos em que a estatal atua.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade