Brincadeira entre amigos dá totalmente errada e acaba de forma trágica: “luto”

Vítima chegou a ser levada a uma unidade de pronto-socorro, mas não resistiu

Gabriella Licia -
Máscara utilizada para a brincadeira. (Foto: Reprodução)

Uma brincadeira de mal gosto acabou resultando na morte de um homem, de 47 anos, após uma guarnição militar atirar contra ele, diante do momento de susto.

O caso aconteceu em Uberlândia (MG) e, segundo às autoridades, a vítima estaria mascarada com um disfarce de palhaço e carregava consigo uma arma de brinquedo.

Os policiais afirmaram que ele estaria fingindo um assalto contra dois amigos caminhoneiros paraguaios e, ao avistarem a cena teatral, o renderam de imediato.

Assustado com a ação intimidadora, o homem se virou, ficando frente à frente com a guarnição, ainda com a arma de brinquedo na mão. Neste momento, ele foi baleado.

As autoridades alegaram legítima defesa, pois não sabia que se tratava de uma ‘diversão’. A vítima foi levada ao pronto-socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, mas não resistiu.

Após uma breve investigação, foi possível descobrir que o mascarado já possui uma extensa ficha criminal, com 24 passagens pela polícia.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade