Goianienses estão usando o Waze para economizar frente a Uber e 99

Serviço não é como aplicativos de transporte individual, mas pode ajudar quem busca economizar em trajetos diários

Emilly Viana -
Funcionalidade une passageiros e motoristas em prol da economia. (Foto: Karime Xavier / Folhapress) .

Puxado pela alta nos combustíveis, o aumento no valor das corridas nos aplicativos Uber e 99 fez com que o usuário buscasse outras alternativas no deslocamento. Uma delas é o Carpool, função do navegador Waze.

Lançado em agosto de 2018, o serviço conecta motoristas e pessoas em busca de uma carona. A proposta quer aproveitar as vagas disponíveis nos veículos e os passageiros que querem economizar em percursos diários.

Apesar de comparado com as ferramentas de transporte individual, o Carpool não funciona com a mesma lógica. Nele, o motorista não recebe pagamento referente à viagem e nem tem liberdade para realizar quantas corridas quiser ou a qualquer momento.

A ideia na aplicação é “rachar” o valor do combustível. Sendo assim, o condutor irá receber metade do valor que ele gastaria com gasolina comum ou etanol para aquele trecho. A quantia é calculada pelo próprio Waze.

O passageiro faz a contribuição por meio de cartão de crédito ou dinheiro em espécie, e o motorista recebe a soma de todas as caronas no fim do mês. As viagens devem ser agendadas com antecedência e envolvem trajetos semelhantes.

O caminho deve ser, preferencialmente, a ida e volta do trabalho ou escola. Pensando nisso, o Carpool só libera duas caronas por dia.

Vantagens

Morador de Goiânia, Pedro Henrique Silva começou a usar a ferramenta assim que ela foi lançada, em 2019. Ele pesquisava rotas da faculdade para casa no Waze, quando se deparou com a nova função. “Achei uma boa ideia e consegui combinar com o passageiro de forma bem rápida”, conta.

Pedro aponta as principais vantagens para o motorista. “A experiência é positiva porque te ajuda com o gasto da gasolina e, por conta da junção dos percursos, você não precisa desviar do seu caminho”, indica.

Já para o passageiro, o benefício está sobretudo nos valores e na rotina. É o que afirma a estudante Anna Gonçalves.

“É muito mais em conta quando a gente faz a comparação com os outros apps. E ainda tem o bônus de fazer amizade e garantir as próximas viagens”, relata.

A medida, segundo ela, traz mais segurança. “Sabendo que faziam o mesmo caminho que eu, já peguei contato de motoristas e, conhecendo melhor essas pessoas, me senti mais segura”, revela.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.