PublicidadePublicidade

Dois anos após morte de Vilma Rodrigues, creche de idosos tem previsão para ser entregue

Campeã de votos, vereadora marcou história da política na cidade mesmo com mandato curto

Avatar Rafaella Soares -
PublicidadePublicidade

Há dois anos, a população de Anápolis foi surpreendida com a notícia da morte de Vilma Rodrigues, uma das personalidades que marcaram a história da política na cidade.

Campeã de votos — quase quatro mil, ela foi eleita para o primeiro mandato como vereadora em 2016 e se tornou conhecida por abraçar causas sociais, principalmente dos idosos.

Vilma, que também era pedagoga, radialista e dona de uma risada inconfundível, estava prestes a completar 58 anos quando sofreu uma falência múltipla de órgãos no Hospital Araújo Jorge, em Goiânia.

PublicidadePublicidade

É que meses antes, a parlamentar descobriu um câncer na cabeça e foi levada à capital, onde se submeteu a uma cirurgia para fazer a remoção do tumor maligno.

Declaradamente católica, milhares de pessoas se deslocaram até o velório de Vilma na Paróquia Santana, no Centro da cidade, e, sob forte comoção, ela foi enterrada no lugar em que desejava: no cemitério do distrito de Interlândia.

Mandato

Vilma Rodrigues teve um mandato curto, mas mesmo em pouco tempo conseguiu ter forte influência na Câmara Municipal de Anápolis.

Assim que tomou posse como vereadora, em janeiro de 2017, foi a autora do primeiro projeto de Lei protocolado na Casa de Leis.

A parlamentar tinha pressa em criar uma espécie de creche para idosos, espaço já existente em cidade como Porto Alegre e São Paulo. O projeto foi aprovado com unanimidade pelos vereadores em quatro meses.

Durante a campanha eleitoral, Vilma conseguiu de Roberto Naves (PP) não somente apoio à ideia, mas também o compromisso de que, se eleito prefeito, ele ajudaria essa iniciativa sair do papel.

Com o falecimento, o prefeito chegou a dizer que daria o nome dela ao local. A reportagem do Portal 6 entrou em contato com a Prefeitura, que informou que a obra está em andamento e deverá ser entregue em cerca de 60 dias.

Ainda como vereadora, Vilma foi a única a dizer expressamente ser contra a aprovação de salário-extra e férias remuneradas para os vereadores da cidade.

Última entrevista

A última entrevista concedida por Vilma à imprensa foi dada ao Te Amo Anápolis, plataforma de entretenimento do Portal 6, no quadro Gente da Cidade, que homenageou Manoel Vanderic.

Emocionada, ela contou como admirava as ações do filho não só na Delegacia do Idoso, mas em tudo que se propõe a fazer.

“Ele é tudo e muito mais do que eu gostaria de ser e não consegui”, disse.

https://www.facebook.com/portal6anapolis/videos/1362942293834871/

Homenagens

Em 14 de março de 2019, quando o falecimento da vereadora completou o primeiro ano, a Câmara Municipal inaugurou a Galeria Vilma Rodrigues.

Conforme a casa legislativa, a homenagem foi um meio encontrado para reconhecer pela atuação da vereadora mesmo em pouco tempo de mandato.

“É o mínimo que podemos fazer para documentar a memória da nossa saudosa Vilma Rodrigues. Aprendemos muito com ela, principalmente sobre amor ao próximo e importância de levar a vida com espírito solidário”, disse Leandro Ribeiro, presidente da Câmara.

Já no dia 19 de março, também do ano passado, o vereador Jean Carlos apresentou um projeto de Lei para batizar a praça do Residencial Summerville, região Leste de Anápolis, com o nome da colega. A matéria foi sancionada.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade